header top bar

section content

VÍDEO: Ex-reitor da UFCG defende Marizópolis como sede do Instituto Federal de Educação do Sertão

Ele apresentou a ideia durante audiência pública realizada na cidade no último sábado (10)

Por Heron Cid

15/08/2019 às 16h46

O ex-reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Thompson Mariz, defendeu que o município de Marizópolis seja sede do Instituto Federal de Educação do Sertão. Ele apresentou a ideia durante audiência pública realizada na cidade no último sábado (10), que discutiu o desenvolvimento integrado de municípios sertanejos, como forma de gerar emprego e riqueza para o Sertão do estado.

Thompson Mariz foi um dos responsáveis pela expansão da UFCG. Sob sua gestão, a Universidade foi descentralizada, com a implantação do campus na cidade de Pombal Cuité e Sumé. “É preciso interiorizar as riquezas que estão concentradas em poucas cidades. Só assim, podemos ter um Estado forte e desenvolvido, reduzindo o desemprego, a pobreza, a violência e uma série de problemas decorrentes da concentração de esforços em poucas áreas”, afirmou.

Para ele, Marizópolis está apta a sediar o novo Instituto Federal no Estado. O ex-reitor apontou como um dos pontos positivos, a localização do município, situado entre as cidades de Sousa e Cajazeiras, além de fazer limite com Nazarezinho e São João do Rio do Peixe, e da proximidade com os municípios de Uiraúna, São José da Lagoa Tapada e outros.

Thompson ressaltou ainda que Marizópolis está às margens da BR-230, possuindo boa capacidade de recursos hídricos – a cidade é banhada pelo açude São Gonçalo e estrategicamente localizada entre Rios do Peixe e Piranhas – e outras condições de infraestrutura favoráveis para abrigar um novo centro educacional na Paraíba.

VEJA MAIS: Audiência em Marizópolis cria projeto para desenvolver as regiões de Sousa e Cajazeiras

Thompson Mariz discursa em audiência pública na cidade de Marizópolis

Audiência – A audiência pública realizada sábado, 10, na Câmara Municipal de Marizópolis, resultou na criação de um Fórum Permanente de Desenvolvimento da Região, chamado de “Projeto Intersecção”, envolvendo as cidades de Marizópolis, Sousa, Cajazeiras, São João do Rio do Peixe, Nazarezinho e São José da Lagoa Tapada. A proposta compõe a Carta de Marizópolis, documento formatado a partir das discussões da audiência.

O encontro reuniu prefeitos, vereadores, deputados estaduais e pesquisadores e foi idealizado pelo jornalista marizopolense Heron Cid. Ele defendeu que o Fórum construa iniciativas a partir dos pontos em comum entre os municípios. “Queremos debater a criação de oportunidades consorciadas, que possam resultar em desenvolvimento integrado e gerar emprego, renda e riqueza para a região”, explicou.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”