header top bar

section content

VÍDEO: Deputado esclarece por que aeródromo de Sousa ainda não está podendo funcionar regularmente

Parlamentar diz que a luta para colocar aeródromo em funcionamento é uma questão de necessidade social e econômica, porque promove o crescimento da cidade

Por Jocivan Pinheiro

26/11/2019 às 14h46 • atualizado em 26/11/2019 às 14h54

O deputado estadual Lindolfo Pires (Podemos) esclareceu a atual situação do aeródromo da cidade de Sousa, que ainda não está liberado para funcionamento regular.

Segundo ele, o aeródromo foi homologado, mas ainda falta cumprir as exigências referentes ao balizamento noturno (iluminação).

Lindolfo justifica que os esforços para colocar o aeródromo em funcionamento é uma questão de necessidade social e econômica porque vai promover o crescimento de Sousa.

“Não é um negócio elitista, é uma necessidade até para a cidade crescer. Não existe local no mundo que se desenvolve sem ter como chegar na cidade”, disse.

VEJA TAMBÉM

Azul anuncia 69 novos voos extras para João Pessoa e Campina Grande durante a Alta Estação

Terminal de passageiros do aeródromo de Sousa-PB

O parlamentar sousense recordou que foi durante sua gestão como secretário estadual de Turismo que a Paraíba implantou seu primeiro voo internacional (para Buenos Aires-ARG).

“Antigamente para ir para Buenos Aires, ou você ia para Recife ou ia para São Paulo e Rio de Janeiro, e de lá pegava outro avião. Hoje você já sai daqui no seu avião, que para em Maceió e vem de Buenos Aires direto para João Pessoa”.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESTAQUE

VÍDEO: Projeto de microcrédito coordenado por cajazeirense vence prêmio internacional em São Paulo

SE SENTINDO TRAÍDO

VÍDEO: Ricardo cita nomes responsáveis por racha e rejeita amizade com João: “Está na página deplorável”

FIM DO SONHO?

VÍDEO: Membro do comitê pede explicações sobre a não entrega do projeto do HU do Sertão dentro do prazo

VÍDEO

Júnior promete apoiar Denise para disputar prefeitura de Cajazeiras e denuncia gestão de Zé Aldemir