header top bar

section content

Poços artesianos: emenda de Lindolfo Pires atenderá diversas famílias paraibanas

A emenda beneficiará as cidades de Sousa, Nazarezinho, São José da Lagoa Tapada, Pedra Branca, Lastro, São Francisco, São Domingos de Pombal e Triunfo

Por Diário do Sertão com assessoria

13/01/2020 às 10h44

Deputado estadual, Lindolfo Pires

Diversas famílias do estado da Paraíba são afetadas há anos pela falta constante de água. Uma alternativa para enfrentar este problema tem sido a perfuração de poços artesianos.

O deputado estadual Lindolfo Pires anunciou a destinação de emenda parlamentar no valor de R$ 1,5 milhão para perfuração e instalação de poços artesianos nas cidades de Sousa, Nazarezinho, São José da Lagoa Tapada, Pedra Branca, Lastro, São Francisco, São Domingos de Pombal e Triunfo.

Com esse aporte de recursos, os municípios beneficiados poderão desenvolver projetos para a construção de poços artesianos, e será mais fácil o acesso e a distribuição de água para que o produtor possa trabalhar de forma digna, e garanta a melhoria na qualidade de vida.

“Fico feliz que o trabalho do nosso mandato consiga gerar resultados que promovam a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Os poços mantêm a subsistência de água no local minimizando a necessidade de contratar caminhões ou carros pipa em épocas de racionamento”, disse Lindolfo Pires.

Com a atual tecnologia existente, o custo para captação da água através do poço artesiano não é muito elevado e água obtida é de excelente qualidade. Ainda segundo Lindolfo Pires, essa emenda atende a um pedido formalizado pelas lideranças dos respectivos municípios beneficiados.

Recomendado para você pelo google

PROBLEMA SOCIAL

VÍDEO: Conselho Tutelar notifica pais por causa de crianças pedindo nos semáforos de Cajazeiras

OPÇÃO RELIGIOSA

VÍDEO: Retiro de Carnaval de Pombal anuncia programação da 35° edição com atrações a nível nacional

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Wesley, Éder Paulista e o técnico Ederson Araújo aprovam estreia do Atlético e elogiam a torcida

FALTA DE COMODIDADE

Professora cobra fiscalização na ocupação de calçadas por comerciantes que interfere a mobilidade urbana