header top bar

section content

VÍDEO: Bombeiros agem para evitar outro incidente em açude que causou alagamento em Cachoeira dos Índios

De acordo com o comandante da 5ª Cia. do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Edênio Mendes, tem outra barragem onde também há risco de transbordamento

Por Jocivan Pinheiro

26/03/2020 às 15h04 • atualizado em 26/03/2020 às 15h14

O Corpo de Bombeiros está monitorando in loco a barragem do açude do sítio Tabocas de Cima, na zona rural do município de Cachoeira dos Índios, que rompeu na madrugada de quarta-feira (25), alagando casas e deixando moradores ilhados.

De acordo com o comandante da 5ª Cia. do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Edênio Mendes, existe uma segunda barragem do mesmo açude onde também há risco de transbordamento.

VEJA MAIS: Açude transborda e forte correnteza deixa moradores ilhados em Cachoeira dos Índios

Ten.-cel. Edênio Mendes disse o Corpo de Bombeiros acionou Defesa Civil do Estado e Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) para uma fiscalização no local. Ele pretende solicitar o aumento da profundidade do sangradouro para diminuir a pressão na parede do açude.

Carrapateira

Já a situação do açude do sítio Volta, em Carrapateira, está controlada e monitorizada pelos bombeiros, segundo o ten.-cel. Edênio Mendes. Lá, o manancial atingiu sua capacidade máxima e apresentou fissuras na parede. Uma barreira provisória foi colocada para conter a água.

DIÁRIO DO SERTÃO

EFEITOS DO CORONAVÍRUS

VÍDEO: Coach dá dicas de produtividade na epidemia e alerta para a situação das pessoas de baixa renda

NO CEARÁ

VÍDEO: Lavras da Mangabeira monitora 17 casos suspeitos de Covid-19; advogado fala das ações da saúde

AJUDA

VÍDEO: Empresa do Vale do Piancó cria protetor facial para profissionais que combatem o coronavírus

LÍDER GERAL

VÍDEO: Marina Duarte esclarece se o Atlético será campeão paraibano antecipado por causa da epidemia

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!