header top bar

section content

VÍDEO: Moradores cobram ação do prefeito de Sousa em ruas alagadas por esgotos e cheias de buracos

Moradores dos bairros Raquel Gadelha e Alto do Cruzeiro, na cidade de Sousa, cobram da prefeitura providências para resolver problemas antigos no local

Por Jocivan Pinheiro

02/06/2020 às 18h09 • atualizado em 02/06/2020 às 18h29

Moradores dos bairros Raquel Gadelha e Alto do Cruzeiro, na cidade de Sousa, cobram do prefeito Fábio Tyrone (Cidadania) providências para resolver problemas antigos no local. Os principais são ruas alagadas por esgotos e buracos no asfalto.

Na rua Expedito Lourenço de Sousa, no bairro Raquel Gadelha, a moradora Josefa Maria mostra imagens da via pública alagada com água de esgotos que vem de outra rua. A moradora diz que a água atrai ratos, exala mau cheiro e dificulta o trânsito.

“Espero que ele [prefeito Fábio Tyrone] tenha mais atenção a nós. Inclusive, esse é um ano eleitoral. Será que ele vai ter a cara de pau de chegar aqui e pedir voto. A gente não tem nenhuma ajuda por parte dos prefeitos”, desabafou a moradora.

Já no bairro Alto do Cruzeiro, saída de Sousa para Uiraúna, buracos tomam conta das principais avenidas. É tanto buraco que os carros precisam passar lentamente para não serem danificados.

VEJA TAMBÉM

Após um dia funcionando, Justiça proíbe reabertura do comércio em Sousa, e prefeito irá recorrer

Rua alagada no bairro Raquel Gadelha

O QUE DIZ A PREFEITURA

A produção do programa Balanço Diário falou com o secretário de Obras do município de Sousa, Delânio Gledson, e ele disse que a avenida mostrada nas imagens, no bairro Alto do Cruzeiro, é estadual, por isso a prefeitura firmou parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB) para realizar uma operação tapa-buracos, mas ela só pode começar quando as chuvas pararem.

Já com relação ao alagamento na rua Expedito Lourenço de Sousa, no bairro Raquel Gadelha, o superintendente do Departamento de Águas e Esgotos e Saneamento Ambiental de Sousa (Daesa), Inojosa Neto, respondeu que no momento a prefeitura não tem como resolver porque trata-se de um problema que já vem de décadas e cuja execução da obra é complexa.

Ele explica que durante as construções iniciais no bairro, 70% da rede de esgoto foi instalada de uma forma que acaba recebendo água da chuva, por isso sempre que chove acontecem alagamentos. No entanto, uma equipe estudará um projeto viável que possa pelo menos fazer drenagem da água.

DIÁRIO DO SERTÃO

INSUFICIÊNCIA RENAL

VÍDEO: médico revela que 30% dos pacientes que tiveram a COVID-19 precisarão passar por hemodiálise

CONFIRA OS NÚMEROS

VÍDEO: Pelo 2º dia consecutivo, Cajazeiras tem mais casos recuperados de Covid-19 do que confirmados

MANTENDO EM DIA

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas anuncia data de pagamento de toda a folha salarial de julho

POSSIBILIDADES DA ÁGUA

VÍDEO: Padre diz que transposição só será aproveitada se Bolsonaro desbloquear recursos para a ciência

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!