header top bar

section content

VÍDEO: Professora compara Loteamento Cristal em Cajazeiras a uma bomba que futuramente vai explodir

Na live 'Pensando Cajazeiras', profissionais que atuam nas áreas de construção civil, urbanismo e geografia discutiram o crescimento desordenado da cidade

Por Jocivan Pinheiro

03/09/2020 às 16h36 • atualizado em 03/09/2020 às 19h04

Na live ‘Pensando Cajazeiras’, realizada pelo pré-candidato a prefeito Marquinhos Campos (PSB), profissionais que atuam nas áreas de construção civil, urbanismo e geografia discutiram o crescimento desordenado da cidade nas últimas décadas.

A professora Luciana Medeiros de Araújo chamou atenção para o grande número de loteamentos que são construídos sem oferecer condições básicas de moradia e com aval da administração pública.

Segundo a professora, entre 2009 e 2015 mais de 23 grandes loteamentos e mais de 8 mil lotes foram abertos em Cajazeiras. Um desses loteamentos é o Cristal, que fica na Zona Norte.

VEJA TAMBÉM

Moradores cobram conclusão de obra da prefeitura de Cajazeiras que deixou rua destruída há meses

Com casas geminadas (lado a lado e idênticas), ruas estreitas, superlotação, falta de saneamento geral e distante do Centro, professora Luciana Medeiros compara o Loteamento Cristal a uma bomba que futuramente vai explodir.

“A cidade de Cajazeiras tornou-se atração de investimentos com, obviamente, o aval do poder público sem pensar nas consequências. A cidades estava crescendo, mas sem que se levasse em consideração a necessidade desse desenvolvimento urbano”.

Luciana Medeiros é professora do curso de Licenciatura em Geografia da UFCG de Cajazeiras e doutora em Geografia e Geografia Urbana. No doutorado, ela pesquisou a produção imobiliária e as novas dinâmicas de expansão urbana das cidade de Cajazeiras e Patos. Atualmente, faz parte da Rede de Pesquisa sobre Cidades Médias (RECIME).

DIÁRIO DO SERTÃO

DESABAFO

VÍDEO: Bispo critica auxílios para políticos e faz alerta sobre eleições: “Já sabemos quem não presta”

"NÃO VÃO NOS CALAR"

VÍDEO: Em ato público, coletivo de mulheres cobra justiça no caso Pâmella Bessa em Poço de José de Moura

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Sociólogo diz que 9 em cada 10 suicídios podem ser evitados com ajuda profissional ou conversa

QUEBROU O SILÊNCIO

VÍDEO: Conselheiro lança chapa e fala pela primeira vez sobre rompimento com presidenta do COREN-PB

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!