header top bar

section content

Após perder a esposa, marido também morre vítima de Covid-19 em Sousa; casos chegam a mais de 3.600

O casal havia se infectado no mesmo período e acabaram sendo internados em hospitais diferentes.

Por Campelo Sousa

01/12/2020 às 08h35

Leitos de UTI está em 70% de ocupação no Sertão. (Foto: Ilustrativa - Rovena Rosa / Agência Brasil)

A cidade de Sousa, no Sertão do estado, perdeu mais um morador para a Covid-19.

Nessa segunda-feira (30), um senhor de 72 anos, residente no bairro da Estação, acabou perdendo à luta contra a doença. Ele estava internado no Hospital Regional de Pombal e devido ao agravamento em seu estado de saúde, acabou não resistindo e veio a óbito.

VEJA TAMBÉM

Município de Sousa confirma mais um óbito e bate recorde no número de casos da COVID-19 em 24 horas

O paciente havia perdido a esposa há cerca de 8 dias, também para a doença. O casal havia se infectado no mesmo período e acabaram sendo internados em hospitais diferentes.

Segundo dados do boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda-feira (30), Sousa registra 49 mortes pelo novo coronavírus e 01 caso segue em investigação.

Nas últimas 24 horas, 25 novos casos da doença foram registrados, totalizando 3.620 casos confirmados, dos quais 2.880 já estão totalmente recuperados, 08 estão hospitalizados e 691 seguem em isolamento.

Bandeira amarela
De acordo com levantamento epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde, o município de Sousa foi classificado com bandeira amarela no índice que estabelece o ‘novo normal’ na Paraíba, e o comércio continuará aberto seguindo todas as medidas de segurança.

2ª ONDA
Pesquisadores brasileiros divulgaram na segunda-feira (23) uma nota técnica na qual, baseados em dados da pandemia do novo coronavírus no Brasil, afirmam que o país vive o “início de uma 2ª onda”. Além do diagnóstico, o grupo formado por cientistas de diferentes universidades públicas faz uma série de recomendações para diminuir o impacto do crescimento dos casos e mortes por Covid-19.

ALERTA
Os especialistas alertam que o crescimento no número de casos é consequência de uma sistemática queda dos níveis de isolamento social, mas também da ausência de campanhas de esclarecimento e falsa sensação de segurança disseminada na população.

DIÁRIO DO SERTÃO

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

VAMOS AJUDAR

VIDEO: Dona de casa chora ao fazer apelo por comida e medicações em Cajazeiras: ‘Tenho dois filhos’

NOS BRAÇOS DO POVO

VÍDEO: Vereador da região de Sousa que tomou posse dentro da prisão é recebido com festa pela população

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!