header top bar

section content

VÍDEO: Aumento de roubos na pandemia é consequência da liberação de albergados, diz comandante da PM

Tenente-coronel Terceiro pontuou que a vacinação tem ajudado a Polícia Militar a voltar a agir de forma mais ostensiva no combate à criminalidade

Por Jocivan Pinheiro

07/06/2021 às 16h03 • atualizado em 07/06/2021 às 16h06

No programa Balanço Diário, o comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar em Cajazeiras, tenente-coronel Terceiro, apontou a liberação de apenados para o regime semi-aberto (albergados) como uma causa do aumento de crimes contra o patrimônio durante a pandemia.

Segundo o comandante, esse aumento de crimes como roubo, furto e assalto se deu principalmente no começo da pandemia, e as denúncias feitas pela população reduziram porque o isolamento domiciliar impede que as pessoas testemunhem esses crimes.

“Quando a população retrai, ninguém consegue testemunhar. Quando o cara vê uma loja sendo assaltada, ele liga para o 190. Mas se está toda a população em casa, essa vigilância diminui. Então, no começo a gente teve um número maior de registros de roubos e furtos, e a gente identifica que foi por conta de muitas liberações que, por conta da pandemia, a Justiça liberou através de tornozeleiras. Mas esses meliantes não respeitam os limites e fazem com que a população sinta que, além da crise, a violência tem aumentado”, declarou o PM.

VEJA TAMBÉM

Funcionários e clientes são mantidos reféns enquanto bandidos assaltam mercadinho em Marizópolis

Tenente-coronel Terceiro pontuou que a vacinação dos policiais e da população civil tem ajudado a Polícia Militar a voltar a agir de forma mais ostensiva no combate à criminalidade.

“Com o advento da vacina, nosso público interno já tem mais liberdade de ação. No começo da pandemia era tudo muito novo. Até uma abordagem, pra gente, era mais complicado porque a revista pessoal ficava difícil. Com a vacina já se cria uma possibilidade melhor de trabalho”.

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO

VÍDEO: Sociólogo e militante político fazem debate acirrado e classificam os “farsantes da pandemia”

TROPEÇA MAS NÃO CAI

VÍDEO: Homem é atropelado, jogado por cima do capô e ainda consegue manter-se de pé, em Cajazeiras

OUTRA REALIDADE

VÍDEO: Após apelo na TV Diário do Sertão, ambulante quita dívidas e reata relacionamento com companheira

NÃO VACINADOS

VÍDEO: Médico de Cajazeiras atribui aos mais jovens as aglomerações em bancos e baladas clandestinas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!