header top bar

section content

Prefeitura de Bonito de Santa Fé esclarece alerta do TCE e anuncia investimentos na área educacional

Ao Diário do Sertão, a assessoria de Ceninha Lucena esclareceu que o alerta é um acompanhamento da gestão feito pelo Tribunal de Contas para prefeituras, câmaras municipais e órgãos públicos de todo o estado

Por José Dias Neto

08/07/2021 às 09h26

Ceninha Lucena. Foto: Reprodução / Instagram

A assessoria de comunicação da prefeitura de Bonito de Santa Fé esclareceu ao Diário do Sertão nesta quinta-feira (08), o alerta emitido pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) ao prefeito Ceninha Lucena (Podemos).

Segundo a assessoria do gestor sertanejo, o alerta é considerado ‘normal’ e faz parte da administração do poder público.

VEJA MAIS: 

Ceninha Lucena e Júnior Araújo defendem estadualização de estrada que liga Bonito de Santa Fé ao Vale do Piancó beneficiando o Distrito de Viana

Ao Diário do Sertão, a assessoria de Ceninha Lucena esclareceu que o alerta é um acompanhamento da gestão feito pelo Tribunal de Contas para prefeituras, câmaras municipais e órgãos públicos de todo o estado.

A FOLHA DE SERVIDORES

A comunicação de Ceninha Lucena informou ainda que em relação a folha salarial, a prefeitura conta com 348 concursados, totalizando 70% dos servidores públicos.

‘’Temos 348 concursados, 70% dos servidores são concursados, e na última resolução do Tribunal de Contas do Estado incluiu a patronal como despesa, extrapolando o índice previsto de 54% da receita corrente líquida, que é a realidade da maioria dos municípios hoje, principalmente os que possuem Instituto próprio de Previdência como é o nosso caso, que tem uma folha de beneficiários bastante elevada, fazendo com que a dívida da prefeitura fique ainda maior’’.

Bonito de Santa Fé. Foto: Reprodução / Instagram

INVESTIMENTOS NA EDUCAÇÃO

Em relação aos investimentos no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e na Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE), a assessoria de Ceninha Lucena disse que as gestões anteriores não prestaram contas dos recursos recebidos, o que prejudica a atual gestão de realizar investimentos na educação do município.

‘’Muitas escolas não foram reformadas devido não finalização das prestações de contas de reformas anteriores da última gestão, impedindo-nos de avançar no melhoramento estrutural das escolas. Além de infelizmente, estarmos no meio de uma pandemia, impossibilitando o ensino presencial. Porém, já estamos planejando novas atividades na área de educação que se adequem a situação da pandemia e ao mesmo tempo, que possa melhorar nossos índices educacionais’’, pontuou.

DIÁRIO DO SERTÃO

LEI MARIA DA PENHA

VÍDEO: Delegado diz que suspeito de incendiar casa, em Cajazeiras, irá responder por violência doméstica

TALENTO SERTANEJO

VÍDEO: Natural de Uiraúna, autor de “A inveja mata” se apresenta no Acústico Diário com novos sucessos

ATO DE LOUCURA

VÍDEO: Durante briga com namorada, jovem de 23 anos toca fogo na casa dos pais, no Centro de Cajazeiras

PRÊMIOS

VÍDEO: Quarta edição do Bilhete Social Doação da Sorte sorteia uma TV Smart e mais R$ 50 mil em dinheiro

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!