header top bar

section content

VÍDEO: Câmara de Cajazeiras gasta mais de R$ 1 milhão em cargos comissionados entre janeiro e agosto

Os dados foram obtidos em consulta realizada à folha de pagamento da Casa Legislativa no site do Tribunal de Contas da Paraíba

Por Jocivan Pinheiro

24/08/2021 às 20h13 • atualizado em 24/08/2021 às 20h15

Em apenas oito meses de gestão do vereador Eriberto de Souza Maciel (PP) na presidência da Câmara Municipal de Cajazeiras, já foi efetuado um gasto de R$ 1.040.000,00 com 85 servidores nomeados em cargos de confiança, conforme apurou a reportagem do Diário do Sertão.

Já os gastos com servidores efetivos, ao longo dos oito meses de 2021, foi de R$ 200.000,00, com uma folha de apenas 13 servidores concursados.

VEJA TAMBÉM: Presidente da Câmara de Cajazeiras diz que em setembro sai decisão sobre concurso

Em novembro de 2020, o então presidente da Câmara à época, vereador Delzinho da Arara, chegou a anunciar a realização de concurso público com publicação de edital para provimento de 19 vagas e formação de reserva técnica, com salários variáveis entre R$ 1.054,00 e R$ 3.000,00, para os níveis fundamental, médio e superior, e carga-horária de 30 e 40 horas semanais.

As inscrições chegaram a acontecer de 29/12/2020 a 24/01/2021, em valores que variaram entre R$ 64,00 e R$ 118,00. Contudo, ao assumir a presidência, o vereador Eriberto Maciel tratou de suspender o concurso por alegar a necessidade de realizar um estudo de impacto orçamentário.

Vagas anunciadas no concurso

NÍVEL FUNDAMENTAL: Auxiliar de Serviços Gerais (4 vagas), Assessor de Sonorização (1 vaga), Intérprete de Libras (1 vaga), Motorista (1 vaga), Vigilante (3 vagas).

MÉDIO: Assessor Admin. (3 vagas), Bombeiro (1 vaga), Operador de Computação (2 vagas).

SUPERIOR: Assessor Jurídico (1 vaga), Arquivista (1 vaga), Contador (1 vaga).

Uma vez suspenso o concurso, os cargos que seriam ocupados através de provas e títulos, agora são ocupados por servidores nomeados pelo presidente da Câmara, pelo critério de confiança.

OUTRO LADO

Em entrevista prestada ao programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão, o presidente Eriberto Maciel explicou que o concurso foi suspenso para a realização de uma auditoria acerca do impacto financeiro nos cofres da Casa, e que ainda no próximo mês de setembro sairá a decisão de prosseguir ou não com a realização do concurso. Se for cancelado, os valores pagos pelos candidatos que se inscreveram serão devolvidos.

DIÁRIO DO SERTÃO

TRAGÉDIA

VÍDEO: Chefe do DER de Cajazeiras conta detalhes do acidente na PB 400 e reconhece falhas de motorista

REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo implantará Sistema Farias Brito a partir de 2022 em Cajazeiras

CIDADE EDUCADORA

VÍDEO: Além do 14º salário, prefeito de Monte Horebe anuncia bolsas de até R$ 6 mil para os professores

NA BR 230

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem fica gravemente ferido após colisão com carro em rodovia da região de Pombal

Recomendado pelo Google: