header top bar

section content

Pai é preso após espancar filha de 5 anos em Cajazeiras; violência contra crianças cresceu na pandemia

Quem suspeitar que uma criança está sendo vítima de maus-tratos pode denunciar o caso aos conselhos tutelares, às polícias Civil e Militar, ao Ministério Público e também pelo canal Disque 100

Por Jocivan Pinheiro

29/08/2021 às 12h16 • atualizado em 29/08/2021 às 12h20

Imagem ilustrativa (Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil)

Na noite deste sábado (28), uma guarnição da Polícia Militar foi informada que na Rua Projetada, Bairro Cristo Rei, em Cajazeiras, um homem de 26 anos havia espancado sua filha de 5 anos de idade. Ao chegarem à residência, os policiais encontraram a criança com hematomas nas costas, nos membros e no rosto.

O pai e a vítima, acompanhada de sua avó, foram conduzidos até a Delegacia de Cajazeiras para ser lavrado o auto da ocorrência.

A criança foi atendida no Hospital Regional de Cajazeiras e no Hospital Universitário Júlio Bandeira, ficando à disposição do Conselho Tutelar. Já o pai ficou nas mãos da autoridade judiciária.

VEJA TAMBÉM

Homem tenta enforcar mulher com corda e arrasta ela pelo chão em praça pública de Patos

Quem suspeitar que uma criança está sendo vítima de maus-tratos pode denunciar o caso aos conselhos tutelares, às polícias Civil e Militar, ao Ministério Público e também pelo canal Disque 100 da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

De acordo com o presidente do Departamento Científico de Segurança da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), embora não haja ainda estatísticas oficiais, “seguramente” o número de violência contra crianças e jovens cresceu durante a pandemia de covid-19.

DIÁRIO DO SERTÃO

MELHOR PARA A SOCIEDADE

VÍDEO: “De altíssima periculosidade”, diz delegado sobre três suspeitos presos em São José de Piranhas

MUNDO ANIMAL

VÍDEO: Bombeiro dá detalhes da captura do ‘Macaco Galego’ que tocou terror na região de Cajazeiras

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Avanço da vacina é fundamental para retomada do pequeno negócio, avalia chefe do SEBRAE-PB

"ELE LÁ, MEU GRUPO CÁ"

VÍDEO: Carlos chama Zé Aldemir de Judas Iscariotes e diz que não estará no mesmo palanque que o prefeito

Recomendado pelo Google: