header top bar

section content

VÍDEO: Mulher de Cajazeiras clama por ajuda para ir a Vitória buscar filha que a irmã não quer devolver

A dona de casa Dilma Moreira explicou que a filha está sob a posse de uma irmã que mora em Vitória, capital do Espírito Santo, e esta irmã se nega a devolvê-la

Por Jocivan Pinheiro

31/08/2021 às 15h46 • atualizado em 31/08/2021 às 16h06

A dona de casa Dilma Moreira de Sousa e seu marido Jackson Douglas procuraram a reportagem do quadro “Momento Solidariedade”, do programa Olho Vivo, porque estão desesperados para recuperarem uma filha de apenas 1 ano e 8 meses. O casal mora com mais três filhos na Rua Maria José de Lima, Bairro Bela Vista, 217, em Cajazeiras.

Dona Dilma explicou que a filha está sob a posse de uma irmã que mora em Vitória, capital do Espírito Santo, e esta irmã se nega a devolvê-la.

Dona Dilma relatou que quando a menina nasceu, o casal não tinha condições financeiras para criá-la. O pai estava desempregado por causa de problemas de saúde e ela também não podia trabalhar. As dívidas se acumularam porque eles haviam acabado de comprar uma casa. Diante dessa situação, o casal não tinha renda alguma, então decidiu pedir para que a irmã de Dona Dilma cuidasse da criança recém-nascida.

Ao receber a proposta, a irmã tratou logo de comprar as passagens para Dona Dilma. Lá em Vitória, a menina nasceu e ficou sob os cuidados da tia. Porém, quando Dona Dilma quis voltar para Cajazeiras, sua irmã se negou a entregar a criança e alegou que seria uma troca por todos os gastos financeiros que ela bancou com viagem e estadia.

Dona Dilma chora com saudade da filha

Dona Dilma conseguiu auxílio jurídico de uma advogada para tomar a guarda legal da filha, mas ela precisa ir até Vitória juntamente com o marido para dar continuidade aos trâmites legais e pegar a criança de volta.

“Ela se nega a devolver a criança. Tudo que eu quero é minha filha de volta e eu não tenho condições de comprar a passagem para ir com o pai dela buscar, porque eu tenho essa outra e não posso deixar aqui só, tenho que levar ela e para isso tenho que levar o pai junto comigo”.

O pai da criança conta que a tia bloqueou todas as possibilidades de contato com ela e está espalhando nas redes sociais que a criança teria sido vendida.

“É lamentável o que ela está fazendo com a gente. Se fosse outra pessoa, por ser família, mas ao invés de ajudar, ela está tentando é destruir mais ainda a família. A gente quer a criança”.

Como ajudar

Dona Dilma precisa de ajuda para compar as passagens até Vitória e se manter lá até conseguir pegar a filha. Quem puder ajudar, entra em contato pelo telefone (83) 9 9359-3368.

“Eu não tenho onde ficar lá até conseguir na Justiça o direito de trazer minha filha de volta. Nem tenho o dinheiro da passagem, nem tenho dinheiro para me manter lá. Então eu peço que quem puder me ajudar com o que puder, eu agradeço. No que puder me ajudar, eu sou grata”.

Outro lado

Tentamos contato com a irmã de Dona Dilma, mas nossas ligações não foram atendidas. Deixamos aqui, portanto, o e-mail diariodosertao@gmail.com para que ela, se assim desejar, nos envie sua versão sobre o caso.

DIÁRIO DO SERTÃO

ESPERANÇA

VÍDEO: Teste com novo medicamento já aprovado pela Anvisa elimina câncer em 100% dos casos

DESINIBIDO

VÍDEO: Prefeito de Cachoeira dos Índios sobe ao palco e canta para multidão no ‘Festeja Cachoeira’

VÍDEO NAS REDES

VÍDEO: Cantor Zé Felipe se desculpa por atraso em show no Sertão da Paraíba e detona prefeito

SORTUDA

VÍDEO: Moradora de Brejo do Cruz é sorteada no Bilhete Doação da Sorte; veja se você ganhou mil reais

Recomendado pelo Google: