header top bar

section content

VÍDEO: Com chuvas, famílias temem deslizamentos de pedras gigantes no Morro do Cristo Rei em Cajazeiras

Em fevereiro de 2020, uma pedra gigante rolou o morro e atingiu a parede de uma residência. Por sorte, houve apenas danos materiais e ninguém se feriu

Por Jocivan Pinheiro

24/01/2022 às 19h46 • atualizado em 25/01/2022 às 00h36

Todos os anos, quando começam as chuvas em Cajazeiras, volta uma grande preocupação para a população, sobretudo para os moradores do Bairro Cristo Rei, nas imediações do Centro.

O bairro se estende ao redor do Morro do Cristo Rei, uma grande formação geológica bastante íngrime e repleta de pedras gigantes. Durante os períodos chuvosos, o temor de que as rochas deslizem toma conta dos moradores.

Na tarde desta segunda-feira (24), a reportagem do programa Olho Vivo da Rede Diário do Sertão foi até o local e ouviu moradores que estão preocupados com possíveis deslizamentos de terra e rochas.

Ana Cleide, que mora com dez crianças em uma pequena casa, ressalta que convive com o medo, não só de acidentes, como também de doenças transmitidas por insetos e animais.

“É um medo muito grande porque a gente tem crianças e tem esse lixo que pode trazer doenças. A gente pede às autoridades de Cajazeiras – Prefeitura, Bombeiros – que venham nos ajudar para não acontecer uma coisa pior. A gente fica com medo”.


VEJA TAMBÉM

Pedra gigante rola e atinge casa no Morro do Cristo; famílias deixam residências após incidente

Pedra no Morro do Cristo, em Cajazeiras

Em fevereiro de 2020, uma pedra gigante rolou e atingiu a parede de uma residência. Por sorte, houve apenas danos materiais e ninguém se feriu.

No último dia 14, uma ação integrada envolvendo Defesa Civil, secretarias municipais, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, entre outras entidades, realizou uma vistoria e um mapeamento das áreas de risco para emitir um laudo/relatório atualizado que vai orientar quais as ações preventivas que devem ser feitas para evitar deslizamentos e também as ações para dar suporte social às famílias. O documento também será enviado ao Ministério Público.

Segundo o comandante do Batalhão do Corpo de Bombeiros de Cajazeiras, tenente-coronel Charlton Ribeiro de Santana, o laudo aponta algumas ações preventivas a serem feitas, a exemplo do escoramento de rochas e um sistema de escoamento de água para evitar que ela se infiltre por baixo das rochas e nas casas.

A secretária de Meio Ambiente de Cajazeiras, Brankinha Abreu, está à frente de uma comissão que está estruturando o Comitê Municipal da Defesa Civil, composto por diversas instituições. Ela confirmou que a vistoria conjunta foi feita no morro e o resultado vai apontar para os serviços que devem ser feitos.

DIÁRIO DO SERTÃO

TRISTEZA

VÍDEO: Atos fúnebres dos PRFs assassinados em Fortaleza é marcado por homenagens e muita comoção

SITUAÇÃO DIFÍCIL

VÍDEO: Portador de doença rara que mora em sítio de Cajazeiras fala sobre dificuldades para tratamento

COMUNICADO

VÍDEO: CDL de Cajazeiras confirma fechamento do comércio no Dia do Comerciário; Sousa funciona normal

LUTO

VÍDEO: Cajazeirense de 16 anos perde luta contra tumor na cabeça e morre em hospital de João Pessoa

Recomendado pelo Google: