header top bar

section content

RISCO DE VIDA: Secretária de Educação explica transporte de alunos em caminhonete no Sertão da PB

Em nota, Luciene Lopes informou que os estudantes estão sendo transportados de algumas áreas rurais após o nucleamento de escolas. Veja a nota!

Por Luzia de Sousa

20/05/2016 às 15h29 • atualizado em 20/05/2016 às 15h51

Alunos são transportados em carro aberto no Sertão do estado

A secretária de Educação da cidade de São José de Caiana, município que fica no Vale do Piancó, Sertão paraibano, Luciene Maria Lopes explicou nesta sexta-feira (20), a questão dos alunos serem transportados em carros abertos, conforme denúncia do ex-vereador Sebastião Lauderi.

Veja também

Ex-vereador acusa Prefeitura de cidade do Sertão da Paraíba de fechar 18 escolas

? População reclama de ‘lixão’ em cidade do Sertão e denuncia poluição da água

Moradores do Sertão cobram providências para ‘Rua da Lama’ e temem tragédia

Em nota, Luciene Lopes informou que os estudantes estão sendo transportados de algumas áreas rurais após o nucleamento de algumas escolas.

“Vale ressaltar que temos veículos de pequeno porte fazendo os percursos, pelo fato do difícil acesso para os ônibus”, justificou a secretário sobre o transporte de alunos em caminhonete.

Entenda
Segundo o vereador denunciante, a administração municipal nas gestões 2008/2012 e 2012/2016 fechou pelo menos 18 escolas na zona rural, e desde então vários alunos precisam se deslocar para estudar na cidade.

Veja também

?Estudantes são flagrados transportados e amontoados em carrocerias de caminhonetes

Só que os ônibus escolares não passam em todas as comunidades, com isso entram em ação as caminhonetes que transportam vários alunos de uma só vez nas carrocerias sem cobertura e sem outras proteções.

Veja nota
NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura Municipal de São José de Caiana através da Secretaria de Educação, vem esclarecer sobre o Nucleamento de algumas Escolas Municipais da zona Rural. Vem expressar o seguinte:
Tendo em vista, o nº de alunos de matriculas do corrente ano muito baixo para condições de funcionamento de uma escola. Argumento que o ensino das escolas que foram nucleadas era multisseriado e multi etapa (mesclando Educação Infantil com Ensino Fundamental) o que prejudica aprendizagem dos alunos acarretando dificuldades de aprendizagem e procedimentos de estudo para anos posteriores, o que vai de encontro a meta 2 do Plano Nacional de Educação (Lei nº 13005/2014) que tem como meta a matricula e a conclusão de Ensino Fundamental dos alunos na faixa etária de 6(seis) a 14 (quatorze)anos.

Diante dessa situação a Prefeitura Municipal fez o nucleamente de algumas escolas, se responsabilizou e vem cumprindo com atendimento adequado desses alunos para o melhorprocesso de ensino aprendizagem.

Vale ressaltar que temos veículos de peno porte fazendo os percursos, pelo fato do difícil acesso para os ônibus.

O mais, renovamos aos munícipes o fiel compromisso de continuarmos enfrentando os desafios que naturalmente surgem em uma administração, e mais ainda buscarmos meios para solucionar todo e qualquer desafio, que por ventura venha a surgir; levando em consideração sempre o bem estar da população.

Atenciosamente,

Luciene Maria Lopes
Secretária Municipal de Educação

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

"QUER ENRICAR AINDA MAIS"

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que famoso bispo está vendendo imagens de deusa egípcia na igreja

FOGO NO LIXÃO

VÍDEO: Júnior Araújo denuncia fumaça que tomou conta de Cajazeiras e ataca prefeito Zé Aldemir

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020