header top bar

section content

Cajazeirense agradece a Lula por sua colação de grau e protesta contra prisão do ex-presidente

Com a frase "Lula livre" escrita na palma da mão no ato de juramento, Sara Santana destacou os investimentos do ex-presidente na educação

Por Jocivan Pinheiro

15/04/2018 às 11h02 • atualizado em 15/04/2018 às 11h23

Sara exibe a frase “Lula livre” escrita na palma da mão em ato de juramento

A cajazeirense Sara Santana, 24 anos, aproveitou a cerimônia de colação de grau em que ela se formou em Enfermagem pela UFCG, campus de Cajazeiras, para agradecer ao ex-presidente Lula e protestar contra sua prisão.

Com a frase “Lula livre” escrita na palma da mão no ato de juramento, Sara destacou os investimentos do ex-presidente na educação que facilitaram o acesso de pobres, negros e nordestinos à universidade.

Nas redes sociais ela reproduziu o discurso ressaltando que “Lula não estudou por mim, não posso deixar em segundo plano o meu esforço, mas graças a ele e às conquistas em seu governo, um pobre teve as portas das universidades abertas e entrou e fez e está fazendo história.”

Leia a postagem completa:

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras