header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Fafic realiza simpósio de formação de professores de ensino religioso. Saiba como participar!

As inscrições estão abertas até dia 10 de dezembro e podem ser realizadas através do site do evento.

Por Assessoria

09/11/2018 às 13h24

Fafic realiza simpósio de formação de professores de ensino religioso

Com os objetivos de debater, socializar e promover a formação dos professores do Ensino Religioso e demais educadores que lidam com o “elemento religioso” no espaço escolar, será realizado no período de 13 e 14 de dezembro, o I SIMFOPER – SIMPÓSIO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ENSINO RELIGIOSO do sertão da Paraíba. O evento é organizado pelo curso de especialização em Ciências da Religião: Diálogo e Docência da Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Cajazeiras – FAFIC.

A abertura das atividades será no Núcleo de Práticas Jurídicas da referida Instituição. Ainda no dia 13 (quinta-feira) será realizado um workshop sobre “diversidade e emoções no espaço escolar”. Na sexta-feira, dia 14, segundo e último dia do evento, serão realizadas oficinas pedagógicas sobre metodologias do Ensino Religioso para o Ensino Fundamental, anos iniciais e anos finais.

É importante salientar que Professores de Ensino Religioso, Coordenadores Pedagógicos, Gestores, Professores de outros Componentes Curriculares, Alunos de Cursos de Licenciatura e Religiosos podem participar das mesas redondas e das oficinas.

As inscrições estão abertas até dia 10 de dezembro e podem ser realizadas através do site do evento. O valor da taxa é R$20 antecipadamente, através de depósito ou transferência bancária, ou no dia do evento, custando R$30.

Proposta do Evento
O evento tem como propósito ainda possibilitar a troca de experiências exitosas acerca da diversidade religiosa presente no alto sertão paraibano, levando assim, a desconstrução de atitudes discriminatórias e preconceituosas que envolvam a questão e a difusão de uma cultura de paz.

É consenso entre estudiosos das religiões e próprios agentes educativos que a reflexão sobre o “elemento religioso” é desejável e profícua no espaço escolar. Tal reflexão assegura que não tenhamos o ensino de uma religião apenas nas escolas, mas de todas expressões religiosas, como preconiza a laicidade do Estado.

O Ensino Religioso trata das culturas e tradições religiosas, dos textos sagrados e das teologias, dos ritos e do diálogo entre as religiões. Ele resgata os valores humanos que a espiritualidade semeia em cada indivíduo, investiga os aspectos históricos, sociológicos, antropológico e psicológicos das religiões. Daí a razão para que os sentidos e significados do “elemento religioso” sejam compreendidos, tanto do âmbito do Ensino Religioso, quanto de todo universo educativo.

Sabemos que o “elemento religioso” influencia a vida privada e pública das pessoas, também ouvimos notícias a respeito do crescimento de alguns grupos religiosos e principalmente de casos intolerância religiosa. Esses fatos fortalecem ainda mais a ideia de que o estudo crítico das religiões se faz pertinente, começando no contexto escolar.

Tags:
EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir

NO FERIADO

VÍDEO: Vice-presidente da ACI parabeniza radialistas e convida para confraternização da imprensa local