header top bar

section content

VÍDEO: Revoltado, padre diz que risco de perder HU do Sertão é ‘descaso’ e ‘desrespeito’ com a região

O padre pede posicionamento das autoridades e afirma que a população também não pode se calar

Por Tanammy Freire

12/12/2019 às 19h23

No Direto ao Ponto desta semana, Padre Francivaldo diz ter ficado ‘estarrecido’ com a possibilidade de o Hospital Universitário do Sertão não ser construído. Para ele, algumas pessoas estão tratando a região com ‘descaso’ e ‘desrespeito’.

O padre pede posicionamento das autoridades e afirma que a população também não pode se calar. Além disso, ele avalia que a classe política está se omitindo sem fazer nada para mudar a realidade.

Padre Francivaldo conclui fazendo um apelo a todos aqueles que estão engajados na luta em prol da construção do Hospital Universitário do Sertão.

“O povo não pode ficar de luto e de cabeça baixa e os políticos de braços cruzados tendo omissão como bandeira deles. É preciso que a cidade fale e a imprensa também, e que todos gritem. Nós queremos o hospital universitário e queremos saber por que o projeto não foi concluído e a licitação não foi feita. Qual o interesse de ficar com os R$ 25 milhões? Não concordamos com isso. Isso é uma falta de respeito por parte dos dirigentes e da classe política que se veste de omissão e de silêncio, quando na verdade todos deveriam estar cobrando”.

VEJA TAMBÉM 

Presidente da CDL diz que há R$ 25 milhões no caixa da UFCG para a construção do HU do Sertão

Reitor da UFCG fala sobre risco de perder HU do Sertão após empresa não entregar projeto

Redação DIÁRIO DO SERTÃO 

TIRANDO DÚVIDAS

VÍDEO! Advogada explica tudo sobre os auxílios Doença e Emergencial do Governo Federal

EPIDEMIA CRESCE

VÍDEO: Secretária de Saúde explica como os casos suspeitos e prováveis de Covid-19 são notificados

TRABALHA EM FARMÁCIA

VÍDEO: Após fim do Mais Médicos, cubano que mora em São José de Piranhas busca retomar a profissão

CONSEGUIU SE CURAR

VÍDEO: Médica que atende em Cajazeiras e teve Covid-19 conta como a doença evoluiu no organismo dela

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!