header top bar

section content

VÍDEO: Em manifesto, professores de Nazarezinho ocupam prefeitura, cobram piso e prometem acionar o MP

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nazarezinho (SINSPUN), Rogenia Maciel, após a caminhada pelas ruas, os manifestantes ocuparam, pacificamente, o prédio da prefeitura pressionando que o gestor, Marcelo Vale recebesse a categoria

Por José Dias Neto

14/03/2022 às 18h10 • atualizado em 14/03/2022 às 18h25

Os professores da rede municipal de ensino da cidade de Nazarezinho, na região de Sousa, foram às ruas na manhã desta segunda-feira (14), para cobrar a implantação do piso nacional para o magistério que até o momento não foi instituído aos profissionais pela prefeitura. O objetivo do movimento era chamar atenção do prefeito Marcelo Vale (Cidadania), para tornar pública a tabela salarial da categoria. De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nazarezinho (SINSPUN), Rogênia Maciel, a Câmara de Vereadores não aprovou o projeto porque o Executivo não havia disponibilizado a referida tabela.

De acordo com a representante da categoria, ”a tabela salarial é de grande importância aos professores pois só assim é que cada um saberá quanto irá receber, pois o percentual que será repassado deve ser trabalhado em cima do salário que cada um recebe, com base nas especializações”.

VEJA MAIS: 

VÍDEO: Cerca de arame farpado gera embate entre moradores e prefeito de Nazarezinho

Professores de Nazarezinho cobram implantação do piso nacional do magistério. Foto: Divulgação/ SINSPUN

Em entrevista ao vivo no programa Olho Vivo da TV e Rede Diário do Sertão, Rogenia Maciel disse que após a caminhada pelas ruas, os manifestantes ocuparam, pacificamente, o prédio da prefeitura pressionando que o gestor, Marcelo Vale recebesse a categoria. Segundo a presidente, o prefeito afirmou que não ia entregar a tabela e que ia mandar cortar o ponto de todos os que faltaram ao trabalho para ir para à mobilização.

“Nós estamos fazendo nossa parte, estamos fazendo nosso dever de casa, falta o prefeito reconhecer isso e fazer o dele, e valorizar nossa categoria. Nós somos a força, a educação na nossa cidade e só estamos cobrando uma coisa legal”, pontuou a sindicalista.O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nazarezinho garante que acionará o Ministério Público para ter o direito ao Piso Nacional do Magistério assegurado em 2022.

Professores de Nazarezinho cobram implantação do piso nacional do magistério. Foto: Divulgação/ SINSPUN

OUTRO LADO

A nossa reportagem conversou por telefone, com Lamarck Vale, secretário de Administração da prefeitura de Nazarezinho. Segundo o auxiliar do Executivo, o prefeito Marcelo Vale enviou o projeto para a Câmara há cerca de um mês e  aguarda todos os tramites legais para aprovação. Segundo a assessoria da prefeitura, o projeto será analisado nesta terça-feira (15) pelo Poder Legislativo. Sobre a tabela salarial, Lamarck Vale disse que todas as progressões que tem no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), partem do salário base e que todas as adequações a cerca das especializações serão corrigidas.

DIÁRIO DO SERTÃO

TEMA IMPORTANTE

VÍDEO: “O assistencialismo não contribui para a transformação social”, diz gestor de projetos

NOVO EMPREENDIMENTO

VÍDEO: Empresário cajazeirense inaugura parque de vaquejada e se emociona ao ver reportagem com o pai

"SAGA GIGANTESCA"

VÍDEO: Filho se emociona ao lembrar o dia em que intubou Normando Sóracles, que faleceu de Covid-19

SEGURA

VÍDEO: Juiz de Itaporanga condena fake news sobre urna eletrônica: “Quem mais contesta ganhou pleitos”

Recomendado pelo Google: