header top bar

section content

VÍDEO: Professor que ganhou prêmio nacional, diz que distanciamento social mexeu com perfil dos alunos

Renato Ramalho é professor de Física da Escola Cidadã Integral (ECI) Professor Crispim Coelho, em Cajazeiras. Ele foi o vencedor da 2ª edição do Prêmio Professor Transformador, onde concorreu com representantes de RJ e PE

Por Luiz Adriano

24/05/2022 às 18h27 • atualizado em 24/05/2022 às 18h29

O professor de Física da Rede Estadual de ensino da Paraíba, o cajazeirense Renato Nunes Ramalho, esteve no programa Balanço Diário na TV Diário do Sertão, na edição desta segunda-feira (23). Na ocasião, ele falou sobre o perfil dos alunos em sala de aula, e comentou sobre as dificuldades no retorno das aulas presenciais.

Segundo o docente, as aulas remotas inibiram o alunado e hoje ele percebe uma certa falta de interação. O professor atribui essa postura ao distanciamento social que acabou mexendo com o perfil do estudante, tanto no fator acadêmico, como no social e no emocional.

Professor Renato Ramalho durante o programa Balanço Diário. (Foto: TV Diário do Sertão).

“Eu percebo nos meus estudantes hoje uma diferença do que se tinha antes. Eles estão mais retraídos no seu lugar, são mais vergonhosos, tem aquele pouco de déficit”, explicou.

“A escola precisa da interação presente, precisa do professor, do aluno, do porteiro, daquele bom dia, daquele toque, do abraço, e foi isso que eu senti de mais profundo nos estudantes nessa volta do ensino presencial”, pontuou Renato.

PRÊMIO

Disputando com professores de todo o Brasil, Renato Nunes Ramalho, professor de Física da Escola Cidadã Integral (ECI) Professor Crispim Coelho, em Cajazeiras, foi o vencedor da segunda edição do Prêmio Professor Transformador, onde concorreu com representantes de Rio de Janeiro e Pernambuco.

A final acontecida em São Paulo, entre os dias 10 e 13 de maio, durante a Bett Brasil 2022, reconheceu a importância do projeto “Reaproveitamento das Águas Pluviais e Cinzas nas Escolas do Semiárido Paraibano”. A iniciativa com os alunos tem como objetivo montar uma empresa sustentável para reaproveitar a água consumida pela escola.

O projeto é um sistema hídrico desenvolvido com os alunos visando resolver o problema da escassez de água dentro das escolas usando materiais recicláveis e naturais como caixas de geladeira e bambu, substituindo gasolina por uma bomba de hidrogênio como fonte de energia para alimentar um motor, que vão ser instaladas na escola futuramente.

Veja o programa Balanço Diário desta segunda-feira (23) na íntegra com a entrevista completa com o professor Renato Ramalho:

DIÁRIO DO SERTÃO

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Radialista alerta comunicadores sobre risco de multas por descumprimento das regras eleitorais

TOM APAZIGUADOR

VÍDEO: Em meio a ‘briga’ pela vice entre Republicanos e PP, João Azevêdo pede desprendimento dos aliados

RESPOSTA CURTA

VÍDEO: Bolsonaro fala pela 1ª vez sobre denúncias de assédio sexual envolvendo Pedro Guimarães na Caixa

INUSITADO

VÍDEO: Bandido de alta periculosidade é preso na PB e polícia encontra cerca de R$ 29 mil em geladeira

Recomendado pelo Google: