header top bar

section content

São José de Piranhas tem o melhor IDEB; Cajazeiras apresenta queda no fundamental

Em 2011, a média alcançada pelos alunos foi de 3.6, passando, agora em 2013, para 3.9.

Por

20/09/2014 às 18h24

Ideb de Cajazeiras apresenta queda. Confira!

Foi divulgado o IDEB (Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico do País). O município de Cajazeiras não atingiu a meta entre os alunos da 8ª o 9º ano, que era de 3.4, e ainda caiu de 3.0, em 2011, para 2.6, em 2013.

Por sua vez, conseguiu passar da meta estabelecida entre os alunos das escolas municipais, da 4ª a 5ª série. A meta era atingir média de 3.1 e o município conseguiu 3.9. Em 2011, a média alcançada pelos alunos foi de 3.6, passando, agora em 2013, para 3.9.

A unida escola da rede municipal que atingiu a meta do IDEB, entre os alunos da 8ª ao 9º ano, foi a José Antonio Dias (Distrito de Boqueirão), cuja meta era 2.7 e alcançou 2.8. Por outro lado, a escola que obteve a melhor média foi a Antonio de Sousa Dias (Sítio Cocos), com 3.0; a Escola Vitória Bezerra, 2.9; Escola Carolino de Sousa Neto, 2.6; Escola Cecília Estolano Meireles, também 2.6; Escola Costa e Silva, 2.5. As escolas José Martins Oliveira, Antonio Tabosa Rodrigues, Luiz Cartaxo Rolim e Manoel Gonçalves da Silva não tiveram média na prova Brasil.

No levantamento entre os alunos da 4ª série ao 5º ano, as escolas que atingiram a meta do IDEB no município de Cajazeiras, foram: José Leite Rolim, em 1º lugar, com 4.8; Antonio de Sousa Dias, 4.7; Cecília Estolano Meireles, 4.4; Vitória Bezerra, 4.1; Costa e Silva, 3.8; Matias Duarte Rolim, 3.7; José Antonio Dias, 3.5. As que não atingiram a meta: Crispim Colho, 4.1; Carolino de Sousa Neto, 3.7; Manoel Gonçalves da Silva, 3.8 e Antonio Tabosa Rodrigues, José Martins de Oliveira, Maria Guimarães Coelho, todas com 2.8.

A reportagem ligou para a secretária de Educação do Município, Andreia Braga para saber, na avaliação dela, por que houve uma diminuição na média do IDEB em relação aos alunos da 8ª ao 9º ano e um crescimento entre os estudantes da 4ª e 5ª séries. Ela disse que estava chegando em João Pessoa, para onde foi participar de um evento e que ainda não tinha sentado para avaliar esses índices e que somente depois de um estudo poderia falar a respeito do assunto.

O que é IDEB?
O IDEB foi criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) no âmbito do Plano de Desenvolvimento da Educação para medir a qualidade de ensino no território nacional. O índice é calculado através do rendimento escolar (aprovação e evasão) no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e na Prova Brasil.

O Ideb é medido a cada dois anos e apresentado numa escala que vai de zero a dez. A meta é alcançar o índice 6. Visando ajudar os Estados e municípios na melhoria da Educação Fundamental, o Ministério da Educação criou o FUNDEF e depois, transformado em FUNDEB, e que transfere recursos para os estados e municípios pagar professores; promover a melhorarem das condições físicas das escolas; implantou o Piso Nacional dos professores; fez a doação de ônibus escolares; criou recentemente o programa Mais Educação, além de outros voltados para cultura e esporte.

Do Gazeta do Alto Piranhas

Tags:
"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’