header top bar

section content

IXE: Homem é espancado e morto durante tentativa de assalto a bar e jovem morre com 30 facadas, na Paraíba

De acordo com a polícia, na primeira ocorrência, o bandido estava praticando o assalto quando clientes e funcionários do bar conseguiram detê-lo. Confira!

Por Luzia de Sousa

02/05/2016 às 03h40 • atualizado em 02/05/2016 às 04h25

Uma tentativa de assalto em um bar terminou com o bandido morto

Uma tentativa de assalto em um bar terminou com o bandido morto após ser agredido por clientes e proprietário, na madrugada deste domingo (1º), no município de Pocinhos, Agreste paraibano, a 180 km de João Pessoa.

No mesmo município, também durante a madrugada deste domingo, um rapaz foi assassinado com cerca de 30 facadas.

Veja mais!

?Homem é assassinado com três tiros na cabeça dentro de banheiro de bar na cidade de Sousa; polícia procura autor do crime. Veja as fotos!

?Jovem que morreu em acidente havia sido aprovada no curso de Enfermagem

?Jovem não resiste e morre em Hospital de CG; acidente foi causado por motorista embriagado

De acordo com a polícia, na primeira ocorrência, o bandido estava praticando o assalto quando clientes e funcionários do bar conseguiram detê-lo.

Ainda segundo a polícia, o bandido foi agredido e ainda teria sido ferido por disparos de arma de fogo, morrendo no local.

Na segundo ocorrência a polícia encontrou o corpo de um jovem com cerca de 30 perfurações por faca. O corpo da vítima estava nas proximidades de um cemitério e, até as 11h30, a polícia ainda não tinha informações sobre as motivações ou o autor do crime.

DIÁRIO DO SERTÃO com Portal Correio

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”