header top bar

section content

População tenta linchar acusado de estupro no Sertão

O rapaz acusado sofreu alguns socos e pontapés das pessoas na rua, mas nenhuma lesão grave.

Por Luzia de Sousa

27/06/2016 às 07h29

Acusado de estupro no Sertão da Paraíba

Acusado de tentar abusar sexualmente de um menino de 14 anos, no final da tarde dessa sexta-feira, 24, no bairro Alto das Neves, em Itaporanga, onde os dois residem, um rapaz de 34 anos foi agredido fisicamente por um grupo de populares, e o linchamento só não foi consumado por causa da intervenção de algumas pessoas.

Quando o adolescente, que já tem passagem pela polícia por crimes contra o patrimônio, acusou o rapaz de tentar estuprá-lo, vária pessoas, revoltadas, partiram para cima do acusado. A confusão só foi contida com a chegada da polícia, que conduziu o suspeito e à suposta vítima à delegacia.

No entanto, depois de ouvir os dois e apurar mais profundamente o caso, o delegado Renato Leite concluiu que não houve crime de tentativa de estupro e passou a desconfiar da história narrada pelo adolescente. Tudo indica, conforme ainda a autoridade policial, que os dois se desentenderam por qualquer motivo, provavelmente drogas, e o menino tenha corrido do local onde estava com o maior, temendo alguma agressão física.

O rapaz acusado sofreu alguns socos e pontapés das pessoas na rua, mas nenhuma lesão grave. Seus familiares ficaram revoltados com a acusação e o espancamento, e aguardaram o desfecho do caso em frente à delegacia. Depois de passar algumas horas na delegacia, ele, que é solteiro, foi liberado e retornou para casa.

Fonte MaisPB

Recomendado para você pelo google

MUITA HISTÓRIA

VÍDEO: Idosa da cidade de Patos completa 107 anos com lucidez e bom humor; conheça sua história de vida

ROTINA

VÍDEO: Homem é preso na cidade de Cajazeiras após furtar celulares de loja em dois dias seguidos

NÃO QUIS ESPERAR

VÍDEO: Vereador de Itaporanga rompe com deputado estadual e anuncia que será candidato a prefeito

NOVO DECRETO

VÍDEO: Exonerações, cortes e proibições na prefeitura de Cajazeiras é para garantir 13º, diz secretário