header top bar

section content

Polícia prende homem suspeito de envolvimento em homicídio de flanelinha

O crime aconteceu na manhã de terça-feira (25) na calçada do Espaço Cultural, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.

Por Priscila Belmont

27/07/2017 às 08h57

Polícia Civil da Paraíba

Policiais civis da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) da Capital, em um trabalho investigativo, conseguiu identificar e prender, no início da tarde desta quarta-feira (26), um homem, suspeito de ter participado do assassinato do flanelinha conhecido como Tony. O crime aconteceu na manhã de terça-feira (25) na calçada do Espaço Cultural, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.

De acordo com testemunhas, o homicídio foi motivado por uma discussão durante um consumo de bebida alcoólica. A vítima estava bebendo com dois homens e em um determinado momento teria retirado uma faca da cintura e ameaçado um deles, mas foi contido pelos homens, que ficaram com a faca. Depois disso, o flanelinha foi dormir e acabou sendo atingido com um golpe de faca no pescoço desferido por um dos homens que estava com ele minutos antes.

A polícia realizou diligências na área e nesta quarta-feira (26), depois de um levantamento, conseguiu prender o suspeito Marcondes. Ele foi levado para a Delegacia e está recolhido na carceragem da Central de Polícia aguardando pela audiência de custódia. Agora as investigações vão prosseguir com o objetivo de prender o terceiro homem que estava na cena do crime. O corpo do flanelinha continua sem identificação na Gerência de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa (Gemol).

Secom

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado