header top bar

section content

Polícia prende homem suspeito de envolvimento em homicídio de flanelinha

O crime aconteceu na manhã de terça-feira (25) na calçada do Espaço Cultural, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.

Por Priscila Belmont

27/07/2017 às 08h57

Polícia Civil da Paraíba

Policiais civis da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) da Capital, em um trabalho investigativo, conseguiu identificar e prender, no início da tarde desta quarta-feira (26), um homem, suspeito de ter participado do assassinato do flanelinha conhecido como Tony. O crime aconteceu na manhã de terça-feira (25) na calçada do Espaço Cultural, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.

De acordo com testemunhas, o homicídio foi motivado por uma discussão durante um consumo de bebida alcoólica. A vítima estava bebendo com dois homens e em um determinado momento teria retirado uma faca da cintura e ameaçado um deles, mas foi contido pelos homens, que ficaram com a faca. Depois disso, o flanelinha foi dormir e acabou sendo atingido com um golpe de faca no pescoço desferido por um dos homens que estava com ele minutos antes.

A polícia realizou diligências na área e nesta quarta-feira (26), depois de um levantamento, conseguiu prender o suspeito Marcondes. Ele foi levado para a Delegacia e está recolhido na carceragem da Central de Polícia aguardando pela audiência de custódia. Agora as investigações vão prosseguir com o objetivo de prender o terceiro homem que estava na cena do crime. O corpo do flanelinha continua sem identificação na Gerência de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa (Gemol).

Secom

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio

VÍDEO!

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

SAIBA

É OU NÃO É FERIADO? Em entrevista, prefeito de Cajazeiras decide sobre o Dia de São Pedro

PROGRAMA XEQUE MATE

Em Cajazeiras, pai de Gabriel Diniz se emociona e fala com exclusividade sobre a morte do cantor