header top bar

section content

Operação policial prende trio suspeito de explodir dois bancos e matar vigilante no Sertão da Paraíba

Grupo foi preso com veículos roubados, armas e munições

Por Jocivan Pinheiro

10/11/2017 às 15h26 • atualizado em 12/11/2017 às 12h08

Polícias Civil e Militar em ação na cidade de Ibiara (Foto: Reprodução/Folha do Vale)

Três pessoas foram presas na madrugada desta sexta-feira (10), suspeitas de participarem de ataques a agências bancárias na região do Sertão da Paraíba. O grupo foi preso no município de Ibiara, no Vale do Piancó, durante uma operação deflagrada pelas polícias Civil e Militar. Eles teriam participado de, pelo menos, dois ataques contra bancos. Um homicídio também está sendo investigado.

Segundo a Polícia Civil, entre os três suspeitos presos, dois são pai e filho. Com eles, os policiais apreenderam dois carros, duas motocicletas, uma pistola ponto 40, uma espingarda calibre 12, munições e ainda várias câmeras de segurança roubadas em ações criminosas de ataques a agências bancárias. Os três homens presos foram encaminhados para delegacia de Itaporanga, na mesma região.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Glauber Fontes, o trio é suspeito de participação em, pelo menos, dois casos de ataques a agências. “O último caso de participação dos suspeitos foi registrado em São José Piranhas, o outro ocorreu em São João do Rio do Peixe no ano passado”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado da Polícia Civil, Glauber Fontes, dois dos suspeito presos são suspeito de um homicídio ocorrido em novembro de 2016, na cidade de Santana de Mangueira, que teve como vítima um vigilante. “Esse homicídio também estava sendo investigado no caso, inclusive, a arma que matou o vigilante foi encontrada durante a operação com um dos envolvidos”, destacou o delegado.

DIÁRIO DO SERTÃO com G1-PB

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’