header top bar

section content

BOA NOTÍCIA: Bocão sai da UTI de Hospital de Campina Grande e retorna para Cajazeiras

Ele ficou com sequelas, apresentando paralisia do lado direito e sem fala, mas poderá se recuperar com a continuidade do tratamento em Cajazeiras.

Por Luzia de Sousa

21/12/2017 às 15h40 • atualizado em 21/12/2017 às 15h52

Dr. Rafael Holanda, Ary e Bocão (Foto: Arquivo pessoal)

O cajazeirense Francisco Herlandes de Farias, Bocão saiu da UTI do Hospital Antônio Targino, em Campina Grande e já está na enfermaria da unidade hospitalar, pronto para receber alta médica. A informação foi repassada à redação do Diário do Sertão nesta quinta-feira (21), por um familiar.

+ Neurologista de Cajazeiras revela que Bocão já respira sem aparelho: “Acredito que ele vai sair dessa”

Bocão chegará a Cajazeiras já nesta sexta-feira (22), após permanecer por quase 30 dias internado. Ele deu entrada no Hospital Regional de Cajazeiras, no último 26 de novembro.

Ele ficou com sequelas, apresentando paralisia do lado direito e sem fala, mas poderá se recuperar com a continuidade do tratamento em Cajazeiras.

Entenda
Após ser foi intubado na Unidade de Terapia Intensiva da unidade hospitalar do Hospital Regional de Cajazeiras, Francisco Herlandes, o folclórico Bocão, 52 anos foi transferido na noite desse domingo (3), para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

Bocão deu entrada no HRC no domingo, dia 26 de novembro, e depois de ficar internado por oito dias foi transferido para uma unidade de saúde mais avançada, apresentando quadro clínico grave.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’