header top bar

section content

Bando é preso pela Polícia Militar após tocar terror em cidade do Sertão durante explosão a banco

Houve um intenso confronto e os criminosos foram presos com o arsenal usado na ação.

Por Luzia de Sousa

28/01/2018 às 07h38

Criminosos foram presos com o arsenal usado na ação

A Polícia Militar prendeu em flagrante, nesse sábado (27), três integrantes da quadrilha que explodiu um correspondente bancário do Bradesco, durante a madrugada, na cidade de Taperoá, Sertão da Paraíba.

+ DE NOVO: Bandidos fortemente armados explodem banco na região de Sousa e causam terror à população

O bando foi perseguido até a cidade de Santo André, onde abandonaram o veículo e tentaram fugir correndo, mas foram cercados por várias equipes do 15º Batalhão e do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC).

Houve um intenso confronto e os criminosos foram presos com o arsenal usado na ação: três fuzis, três pistolas, carregadores, munições de vários calibres, bem como materiais que auxiliaram na explosão e tentativa de fuga.

De acordo com as informações divulgadas pela Polícia Militar, o ataque ocorreu por volta das 3h da madrugada. Moradores da cidade relataram aos policiais que ouviram três explosões. O grupo conseguiu abrir o caixa eletrônico e fugiu levando todo o dinheiro. Parte da quadrilha fugiu com destino a cidade de Santo André, espalhando grampos pela estrada.

A Polícia Militar encontrou parte do dinheiro. A caminhoneta usada pela quadrilha tem placas de Pernambuco. Segundo o tentente Floristan, da Polícia Mililitar, as equipes ainda estão em busca de outros dois suspeitos.

DIÁRIO DO SERTÃO com PB Agora

Recomendado para você pelo google

COMPARTILHOU NAS REDES SOCIAIS

VÍDEO: Bolsonaro compartilha vídeo de vereador paraibano para comemorar avanços na transposição

LAMENTÁVEL

Amigos, familiares e colegas de trabalho dão o último adeus ao gari que morreu em acidente em Sousa

VÍDEO

ASSISTA: Em Sousa, humorista chama o desconhecido por outro nome e causa confusão em Mercado Público

"SÓ PODE LULA?"

VÍDEO: Bolsonaristas defendem 2ª instância, mas não querem amigos presos pela Andaime, diz colunista