header top bar

section content

Muito dinheiro na pista, morte de dois jovens e anulação de questão em concurso agita regiões do Sertão

Um jovem foi assassinado a tiros nesta quarta-feira (28), quando estava de saída para levar seu filho à escola, no Sertão da Paraíba.

Por Luzia de Sousa

28/02/2018 às 16h24

Um carro-forte foi explodido nesta quarta-feira (28) por um grupo de assaltantes na rodovia PB-221, entre as cidades de Santa Luzia e São José do Sabugi, região metropolitana de Patos, no Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Militar, pelo menos dois veículos interceptaram o carro-forte.

VEJA MAIS

+ NÃO PARA: Bandidos explodem agência dos Correios no Sertão da Paraíba durante a madrugada

+ VÍDEO: Bandidos explodem agência da Caixa Econômica de Jaguaribe

Após conseguirem parar o carro, que fazia o transporte do dinheiro, os assaltantes renderam o motorista da empresa da segurança e instalaram os explosivos. Antes que o carro-forte explodisse, os criminosos liberaram o motorista que estava refém.

Com a explosão, muito dinheiro ficou espalhado pela pista. Os assaltantes fugiram do local levando uma quantia em dinheiro não informada pela Polícia Militar. Equipes da Polícia Militar foram deslocadas para área e realizaram buscas, mas até as 11h30, nenhum suspeito de envolvimento com o ataque ao carro-forte tinha sido preso.

Jovem ia deixar filho na escola (Foto: O Blog de Piancó)

Violência
Um jovem foi assassinado a tiros nesta quarta-feira (28), quando estava de saída para levar seu filho à escola, na cidade de Santana de Mangueira, Sertão da Paraíba. A vítima foi identificada pelo nome de Bruno Pereira de 22 anos, e a Polícia Militar, o crime foi praticado por dois homens que estavam em uma moto.

VEJA TAMBÉM: 

+ Segundo corpo localizado pela polícia em Cajazeiras é de adolescente que desapareceu há cinco dias

+Polícia diz que jovem encontrado morto ao tentar encontrar amigo em Cajazeiras foi vítima de homicídio

A dupla teria passado duas vezes pela rua e o garupa teria sacado a arma e em seguida efetuou os disparos. Segundo o Portal Diamante Online, a vítima chegou a ser levada ao Hospital Distrital de Itaporanga, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A motivação do crime ainda está sendo investigada. Diligências foram feitas, mas ninguém foi preso.

Jovem estava desaparecido em João Pessoa (Foto: Patos Online)

Mais
Um jovem natural de Teixeira, Johny Gaspar Ferreira, 19 anos foi encontrado morto nessa terça-feira (2)7, na Mata do Jacaré, em João Pessoa. Segundo informações do Portal Patos Online, ele teria chegado a capital nessa segunda-feira (26), e no mesmo dia desapareceu. A família iniciou buscas em alguns locais, mas, sem sucesso.

A Polícia Civil da capital investiga o caso. O corpo está velado na Rua Antônio Nunes da Costa, Bairro Santa Maria, em Teixeira e o sepultamento está marcado para às 16h desta quarta-feira (28).

Juiz Antônio Eugênio Leite, titular da 2ª Vara Mista da Comarca

Decisão
Um Mandado de Segurança com pedido de Liminar impetrado pela professora Ana Lúcia da Silva Nicolau Domiciano, da cidade de Itaporanga, contra a Comissão Especial De Concurso Público da Prefeitura do Município e a CONTEMAX Consultoria Técnica de Planejamento, resultou na anulação da questão de n.º 25, do caderno de questões objetivas do último Concurso Público da cidade. A decisão do Juiz Antônio Eugênio Leite, titular da 2ª Vara Mista da Comarca local, nessa terça-feira (27) foi publicada no Portal Diamante Online.

Na ação, Ana Lúcia concorria uma das vagas oferecidas para o cargo de Professor de Educação Básica Fundamental I. Ela pedia que fossem atribuídos os pontos correspondentes a questão anulada e sua reclassificação na lista dos aprovados no certame, já que ela havia ficado na 21ª colocação, das 10 vagas disponibilizadas.

Segundo a autora da ação, a mesma teria recorrido do resultado ainda na via administrativamente, dizendo que o referido quesito conteria erro material grosseiro, qual seja, conter duas alternativas corretas a saber letras “b” e “c”, tendo a ela marcado a primeira letra, conquanto a banca entenda como correta apenas a letra “c”, e seu recurso teria sido indeferido sem qualquer fundamentação.

Diante do exposto, e em conformidade com o direito e princípios aplicados à espécie, o magistrado concedeu a segurança pretendida determinando que os impetrados promovam a imediata anulação da questão n.º 25, do caderno de questão objetiva do Concurso realizado pala Prefeitura Municipal de Itaporanga, regido pelo Edital n.º 001/2016, referente a prova para o cargo de Professor de Educação Básica Fundamental I e, concomitantemente, a atribuição dos pontos correspondentes a questão anulada e reclassificação da candidata Ana Lúcia da Silva Nicolau Domiciano na lista dos aprovados no certame, em consonância ao parecer do Ministério Público.

O efeito da decisão neste Mandado de Segurança, somente será dado a autora, porém, a polêmica é que, muitos candidatos desclassificados que ficaram na mesma situação de Ana Lúcia, agora poderão pleitear a reclassificação, tendo em vista a anulação da questão, que poderá alterar toda a ordem classificatória, inclusive daqueles que já tomaram posse do cargo.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras