header top bar

section content

Operação desarticula quadrilha suspeita de ataques a bancos em Sousa; Grupo era liderado por mulher

Na operação, nove presas foram presas e apreendidos três adolescentes nesta sexta. A operação foi desencadeada nas primeiras horas do dia.

Por Luzia de Sousa

02/03/2018 às 12h06

Presos são suspeitos de participarem de assaltos a bancos (Foto: Beto Silva/TV Paraíba)

Uma mega operação, em parceria entre a Polícias Civil e Militar prendeu nove pessoas e apreendeu três adolescentes, na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba. O grupo é suspeito de envolvimento com assaltos a bancos. A operação foi desencadeada nas primeiras horas desta sexta-feira (2).

De acordo com a Polícia Civil, foram encontrados com os suspeitos vários grampos e explosivos. O material estava escondido dentro dos carros dos suspeitos. A operação, recebeu o nome de “Maria Bonita”, pois segundo a PM é liderado por uma mulher. Comandam a operação os delegados Francisco Abrantes e Ilamilton Simplício.

“A líder dessa quadrilha é uma mulher, por isso também que a operação levou esse nome”, explicou Ilamilton Simplício.
Além dos grampos e do explosivo, a polícia apreendeu várias armas, incluindo fuzil e rifles. Também foram apreendidos munições, balanças de precisão, colete balístico e drogas. Ainda de acordo com o delegado, a quadrilha é suspeita de atuar em ataques a agências bancárias em vários estados do Nordeste.

Material apreendido em veículos do grupo

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras