header top bar

section content

AGRESSIVO! Após 4h de negociação, PM usa arma de choque para conter jovem com problemas mentais em Sousa

Ele foi medicado pela equipe do SAMU e em seguida encaminhado até o Hospital Regional de Sousa onde ficou internado em observação

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

12/04/2018 às 20h13 • atualizado em 12/04/2018 às 20h26

Ação envolveu Policiais e equipes do SAMU e Bombeiros (foto: ilustrativa)

Um jovem de 19 anos que sofre com problemas psiquiátricos entrou em crise e ficou agressivo ameaçando familiares por volta das 14:40h desta quinta-feira (12) no Conjunto Nossa Senhora de Fátima na cidade de Sousa. Foi necessária ação conjunta entre as polícias militar e civil, além de SAMU e Corpo de Bombeiros para contê-lo depois de quatro horas de negociação.

Familiares conseguiram sair da casa e o jovem trancou todas as portas e janelas, pegou uma barra de ferro e passou a fazer ameaças. Depois de negociação sem sucesso, com autorização da família as equipes tiveram que arrombar a porta para conseguir entrar no local.

O jovem permaneceu bastante agressivo e com a barra de ferro na mão ameaçou os policiais e as equipes de resgate. Um policial militar precisou fazer uso da taser (arma de choque) para conseguir contê-lo. Ele foi medicado pela equipe do SAMU e em seguida encaminhado até o Hospital Regional de Sousa onde ficou internado em observação para depois ser encaminhado ao CAPS (Centros de Atenção Psicossocial).

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras