header top bar

section content

Delegada conta terror após bandido invadir casa e violentar sexualmente mulheres na frente de criança

O caso aconteceu na madrugada em Cajazeiras. Valdenice explicou que o suspeito confessou o primeiro crime, mas negou o segundo delito.

Por Luzia de Sousa

21/04/2018 às 12h00 • atualizado em 24/04/2018 às 16h32

A Delegada do Núcleo de Roubos e Furtos da cidade de Cajazeiras, Ana Valdenice deu detalhes nessa sexta-feira (20), sobre a tentativa de roubo seguida de violência sexual a duas mulheres, ocorrida na madrugada dessa quarta-feira (18).

+ Mulher reage a tentativa de estupro e roubo após ter casa invadida por bandido em Cajazeiras

De acordo com a delegada, o crime se configurou em estupro, pois a conduta do suspeito caracterizou a violência sexual, adiantando que as vítimas passaram momentos de terror.

Ana Valdenice revelou que as mulheres passaram por situação constrangedora, foram amordaçadas e humilhadas. “Elas estavam abaladas emocionalmente”, revelando que os atos foram praticados na presença de uma criança de 7 anos de idade.

A autoridade policial informou que o suspeito é usuário de drogas e é apontado por outros crimes como: Furto e violência doméstica.

Delegada dá detalhes do crime ocorrido em Cajazeiras

Ela explicou que o suspeito foi reconhecido por outra vítima, de um crime praticado por ele no domingo (15). “A vítima o identificou rapidamente e a prática foi semelhante”.

Valdenice explicou que o suspeito confessou o primeiro crime, mas negou o segundo delito.

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco