header top bar

section content

Gari aposentada morre em hospital no Sertão após ser espancada com pedradas na cabeça pelo marido

De acordo com a polícia militar, o acusado foi preso em flagrante minutos após ter espancado sua esposa

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

02/05/2018 às 14h25 • atualizado em 02/05/2018 às 14h29

Maria do Carmo Clementino Souza, tinha de 61 anos (foto: Diamante Online)

A gari aposentada Maria do Carmo Clementino Souza, de 61 anos, morreu na tarde desta terça-feira (01) no Hospital Regional de Patos (HRP). Ela foi internada no dia 28 de abril com suspeita de traumatismo craniano após ser agredida com várias pedradas na cabeça pelo próprio marido, no Sítio Curral Velho, município de Santana dos Garrotes.

De acordo com a polícia militar, o acusado Francisco Píres de Souza, de 59 anos foi preso em flagrante minutos após ter espancado sua esposa. O juiz da 2ª Vara de Itaporanga, Antônio Eugênio Leite, decretou a prisão preventiva do agressor.

Maria do Carmo pertencia ao quadro de inativos do município de Santana dos Garrotes.

O Ministério Público, havia pedido a concessão da liberdade provisória do acusado, alegando apenas lesão corporal, porem independente do fato alegado, o magistrado negou o pedido e expediu o Mandado de Prisão, designando a audiência de custódia para o juiz da Comarca de Santana dos Garrotes. O acusado deverá responder por Homicídio Consumado.

Agressor foi preso pela polícia (foto: Diamante Online)

O caso é o segundo da mesma natureza somente esse ano. O último feminicídio registrado em Santana dos Garrotes foi em 18 de fevereiro, uma mulher foi morta com dez golpes de faca desferidos pelo próprio marido.

DIÁRIO DO SERTÃO com Diamante Online

PROBLEMA GRAVE

VÍDEO: No Xeque-Mate, voluntários debatem sobre maus tratos e abandono de animais em Cajazeiras

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde