header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Acusado de matar o próprio irmão a facada no Vale do Piancó se entrega à polícia e confessa o crime

Francisco Rivanildo Pereira Leite, conhecido como Nena, se entregou à polícia neste sábado (07). Contra ele já existia um mandado de prisão temporária decretado

Por Jocivan Pinheiro

07/07/2018 às 18h38 • atualizado em 07/07/2018 às 18h40

Delegacia de Conceição

O agricultor Francisco Rivanildo Pereira Leite, conhecido como Nena, de 47 anos, se entregou à polícia neste sábado (07). Ele é acusado de matar com um golpe de faca o próprio irmão na segunda-feira (2), na cidade de Conceição.

Nena se entregou na delegacia de Polícia Civil de Conceição. Contra ele já existia um mandado de prisão temporária decretado pela Justiça local.

O agricultor é acusado de matar o irmão Cícero Pereira da Silva, 34 anos, durante uma discussão, provavelmente por causa da partilha de bens. Na delegacia ele confessou o crime e alegou que estava sendo ameaçado de morte por Cícero.

VEJA TAMBÉMApós jogo do Brasil, briga termina com jovem morto a facadas na cidade de Sousa

Ainda no depoimento, o acusado disse que no dia do crime foi à casa da sua mãe e lá teria se desentendido novamente com o irmão até os dois entrarem em luta corporal. Na briga, Cícero foi atingido por um golpe de faca. Nena conta que fugiu do local e só depois ficou sabendo que o irmão havia falecido.

Imaginando que poderia responder ao processo em liberdade, o acusado compareceu espontaneamente à delegacia, mas recebeu voz de prisão e ficou detido. Depois foi levado para a Cadeia Pública de Conceição, onde ficará à disposição da Justiça.

DIÁRIO DO SERTÃO

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça