header top bar

section content

IMAGENS FORTES! Homem é assassinado com vários tiros na cidade de Sousa

A PM realizou diligências, no entanto, não localizou os suspeitos do assassinato.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

19/08/2018 às 10h13 • atualizado em 19/08/2018 às 10h36

Dinailton dos Santos Lopes foi encontrado morto (foto: polícia militar)

O popular Dinailton do Rego Lopes foi assassinado com vários tiros de arma de fogo na manhã deste domingo (19) próximo ao Núcleo Habitacional 1, no município de Sousa, Sertão da Paraíba.

De acordo com a polícia militar, populares encontraram o homem caído ao lado de uma motocicleta e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) informando que se tratava de um acidente, porém, ao chegar no local a equipe do SAMU constatou que a vítima possuia perfurações pelo corpo provocadas por tiros de arma de fogo.

A Polícia Civil foi acionada e realizou perícia no local do crime. O corpo foi encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) em Patos, para realização do exame cadavérico.

Veja também: Vídeo exclusivo mostra grave acidente em Sousa. Assista!

A PM realizou diligências, no entanto, não localizou os suspeitos do assassinato.

Homem foi encontrado morto em Sousa (foto: reprodução/WhatsApp)

Tráfico de drogas
De acordo com informações da polícia civil, Dinailton já tem passagens pela polícia pelo crime de tráfico de drogas. Em agosto de 2013, ele foi preso em flagrante com 47 quilos de maconha em uma operação policial em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”