header top bar

section content

Homem é perseguido e dominado pela população após roubar mototaxista em Cajazeiras sob ameaças com facão

Após a prisão o acusado foi apresentado na Delegacia de Policia Civil de Cajazeiras para as providências legais juntamente com a arma do crime.

Por Luzia de Sousa

25/08/2018 às 10h30

Moto foi roubada na Zona Rural de Cajazeiras (Foto: PM)

Por vota das 06h30min deste sábado (25), guarnições de Rádio Patrulha do 6º Batalhão de Polícia Militar efetuaram a prisão de um homem de 30 anos de idade, suspeito de roubar uma motocicleta de cor roxa, pertencente a um mototaxista.

Segundo a PM, o homem pegou uma corrida para o sítio Prensas, e quando chegou próximo ao destino anunciou o roubo ameaçando o condutor com um fação. Além da moto, ele também levou a quantia de R$ 10,00 e um aparelho celular, em seguida fugiu com destino a cidade de Cajazeiras.

A vítima conseguiu arrumar outra motocicleta emprestada e seguiu o suspeito até as proximidades do Colégio Manoel Mangueira, onde ele perdeu o controle e tombou do veículo, continuando a fuga a pé, mas foi perseguido e alcançado por populares que o dominaram e acionaram a Policiai Militar através do numero de emergência – 190, tendo chegado de imediato duas guarnições de rádio patrulha e efetuado a prisão do acusado evitando que o mesmo fosse lixado pela população.

Após a prisão o acusado foi apresentado na Delegacia de Policia Civil de Cajazeiras para as providências legais juntamente com a arma do crime e os objetos subtraídos da vitima.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

BOMBEIROS NO LOCAL

VÍDEO: Incêndio destrói fazenda de vereador em Itaporanga, e funcionário suspeita de ato criminoso

CONSÓRCIO NORDESTE

VÍDEO: João Azevêdo destaca potencial tecnológico de Campina Grande em encontro com empresários alemães

ARMAÇÕES?

Vereador diz que há pressão e intimidação de aliados do prefeito para adesões políticas, mas que não vai se render

NA VILA NOVA

VÍDEO: Advogado acusa PM de abuso de autoridade durante blitz em Cajazeiras: “Atitude transloucada”