header top bar

section content

Acusado de matar grávida de 7 meses em Sousa acaba preso pela Polícia em São Paulo

Luana era natural do Lastro, região de Sousa, tinha apenas 20 anos, estava grávida de 7 meses e acabou morrendo na hora.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

16/10/2018 às 08h42

Ele foi preso e encaminhado para delegacia

Foi preso no final da tarde desta segunda-feira (15), no estado de São Paulo, o acusado de matar uma jovem sousense grávida de 7 meses, no ano de 2011 no conjunto Mutirão, na cidade de Sousa, sertão da Paraíba.

Segundo informações da Polícia Militar, o homem de 36 anos, é acusado de ter assassinado a jovem Luana Maria da Silva. Sua prisão aconteceu após investigações entre os agentes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Sousa, que teve a coordenação do delegado Dr. Ilamilton Simplício, juntamente com a Polícia Militar de Franco da Rocha no Estado de São Paulo.

Após um levantamento da Polícia paulista, o foragido foi localizado, e estava morando na cidade há algum tempo.

Contra ele, há dois mandados de prisões expedidos pela prática de homicídio, quando o mesmo ao tentar matar um albergado, acabou executando a jovem Luana, companheira do seu desafeto, e que estava grávida de 7 meses. O segundo mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Mato Grosso.

Preso, ele foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil, apresentado ao delegado de plantão que adotou os procedimentos necessários ao caso, para a transferência do acusado para a Paraíba ou Mato Grosso, para serem cumpridas as penas.

A jovem tinha 20 anos e estava grávida de 7 meses

A MORTE DA GRÁVIDA

A jovem foi morta com um tiro no pescoço, no dia 04 de maio de 2011, quando dois homens armados e encapuzados, invadiram sua casa para executar o seu companheiro, mas um dos tiros acabou atingindo Luana.

Luana era natural do Lastro, região de Sousa, tinha apenas 20 anos, estava grávida de 7 meses e acabou morrendo na hora.

A jovem ainda foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Regional de Sousa, para tentar salvar a criança, mas obtiveram êxito.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’