header top bar

section content

Detento ateia fogo em colchão no presídio de Cajazeiras, e agentes suspeitam de tentativa de suicídio

Joelson da Silva Sousa foi resgatado por agentes penitenciários que perceberam um tumulto na cela

Por Jocivan Pinheiro

26/05/2019 às 11h35 • atualizado em 26/05/2019 às 11h42

Joelson da Silva Sousa foi levado pelo SAMU ao Hospital Regional de Cajazeiras (Foto: Ângelo Lima)

Um detento da Penitenciária Padrão Regional de Cajazeiras quase morreu após atear fogo em um colchão da sua cela na noite deste sábado (25).

De acordo com informações da direção do presídio, o detento Joelson da Silva Sousa foi resgatado por agentes penitenciários que perceberam um tumulto na cela.

Joelson estava desacordado e o colchão ainda em chamas. O fogo foi controlado pelos próprios agentes penitenciários.

VEJA TAMBÉM: Incêndio deixa residência totalmente destruída em cidade do Vale do Piancó

Provavelmente o detento ateou fogo no colchão para tentar se matar, pois, segundo agentes penitenciários e colegas de cela, ele vem demonstrando sinais de depressão. Por causa disso, já estava com sua transferência marcada para a próxima semana.

Joelson desmaiou por ter inalado muita fumaça. Não houve queimaduras graves. Ele foi levado por uma equipe do SAMU para o Hospital Regional de Cajazeiras, onde ficou em observação.

DIÁRIO DO SERTÃO

PAINEL

VÍDEO: Abuso de poder pode tornar candidato inelegível nas eleições 2020, alerta ministro do TSE

FEMINICÍDIO

VÍDEO: Delegado do caso Pâmella Bessa lamenta impunidade no Brasil e faz alerta para população

ALERTA

VÍDEO: Corpo de Bombeiros prevê aumento de incêndios na região de Cajazeiras até final do ano

INELEGÍVEIS OU NÃO?

VÍDEO: Ministro explica por que políticos ficha suja foram liberados para se candidatarem neste ano

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!