header top bar

section content

Em Sousa, homem é conduzido à delegacia e terá que pagar R$ 2 mil por criação ilegal de aves silvestres

Além das quatro aves silvestres, a PM encontrou na residência do suspeito, três espingardas as quais também foram apreendidas

Por Diário do Sertão com assessoria do BPAmb

25/11/2021 às 08h50

As gaiolas estavam penduradas na parede da residência do suspeito. (Foto: divulgação/BPAmb).

Policiais Militares da 3ª Companhia de Polícia Ambiental (3ª CPAmb) da cidade de Sousa, no Sertão paraibano, apreenderam nesta quarta-feira (24), três armas de fogo e quatro aves silvestres no município. Conforme a PM, após averiguar denúncia sobre a criação ilegal, a guarnição foi até o local e deparou-se com a veracidade do fato.

Na residência havia gaiolas penduradas em sua área externa. Ao manter contato com o proprietário, este informou não possuir autorização do órgão ambiental competente para criação das aves que ali estavam. Além disso, durante averiguação mais precisa, foram encontradas também três espingardas.

VEJA TAMBÉM

Quatro homens são conduzidos à Delegacia de Patos com armas e 26 animais de caça irregular

O suspeito e todo o material apreendido foram conduzidos à Delegacia de Sousa e apresentados à autoridade competente para providências necessárias. O investigado foi autuado administrativamente com uma multa de R$ 500,00 por ave, totalizando R$ 2.000,00.

DIÁRIO DO SERTÃO

INTERNET

VÍDEO: Pesquisadora expert no mundo digital alerta empreendedores sobre segurança cibernética

FATALIDADE

VÍDEO: Sepultamento de jovem que morreu de descarga elétrica é marcado por muita comoção em Cajazeiras

ARREPENDIDO?

VÍDEO: Bolsonaro diz que não sabe ‘onde estava com a cabeça’ quando decidiu ser candidato a presidente

OPINIÃO

VÍDEO: “Parece que existe uma força-tarefa em Brasília para que Lula seja candidato”, diz advogado

Recomendado pelo Google: