header top bar

section content

Ossada e cadáver são achados na região de Sousa e identificação só será possível após exames de DNA

Segundo a Polícia Civil, um dos cadáveres encontrava-se basicamente o esqueleto e o outro já em avançado estado de decomposição

Por Luiz Adriano

20/12/2021 às 11h44 • atualizado em 20/12/2021 às 12h16

Rabecão do IPC de Cajazeiras.

Dois cadáveres foram encontrados na zona rural de São José da Lagoa Tapada, na região de Sousa. O primeiro caso se deu na noite do último sábado (18) no sítio Boa Vista II, e o segundo, na manhã deste domingo (19) no sítio garrotes. De acordo com a Polícia Civil, os corpos foram encontrados por moradores da localidade, os quais estavam à procura de um homem que estava desaparecido há uma semana. Após o achado, de imediato acionaram a polícia, a qual adotou as providências cabíveis, ou seja, perícia no local do achado e encaminhamento dos corpos para exames cadavéricos.

Segundo o delegado de Polícia Civil da cidade de Sousa, Aulinson Farias, não foi possível identificar os cadáveres. Ele disse que no caso do sábado à noite, o corpo já tinha sido todo decomposto, “estava só o esqueleto”, relatou. Ele informou ainda que no segundo caso, do domingo de manhã, o cadáver estava em avançado estágio de decomposição.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: PC vai investigar caso de jovem deficiente que morreu coberto de larvas na região de Cajazeiras

POSSIBILIDADES DE IDENTIFICAÇÕES

“Diante da situação, não foi possível identificar os cadáveres. Porém, possivelmente, o 1° seja de um homem que se encontra desaparecido há uns 3 meses e o 2° seja de um homem que se encontra desaparecido há uma semana”, explicou o delegado.

Aulinson Farias disse ainda que, quem vai confirmar a identificação dos cadáveres será o Instituto de Perícia Científica (IPC) após os exames necessários, “possivelmente só depois de exame de DNA”, pontuou.

Os cadáveres foram encaminhados para o IPC de Cajazeiras e só serão liberados depois que forem identificados.

CAUSA DAS MORTES

“Ainda não sabemos a causa da morte. Temos que aguardar o laudo cadavérico. O caso já está sendo investigado, pois as diligências realizadas já são investigativas. Vamos aguardar o resultado das perícias para podermos dar continuidade à investigação”, destacou o delegado.

DIÁRIO DO SERTÃO

NOVA GESTÃO

VÍDEO: Gerente regional de educação destaca projetos em funcionamento em escolas da região de Cajazeiras

LUTO

VÍDEO: Duas mortes durante o fim de semana na cidade de Itaporanga causam comoção no Vale do Piancó

ELEIÇÕES 2022

VÍDEO: “Aceito esta realidade com a cabeça erguida”, diz Doria ao desistir de pré-candidatura

ROMPIDOS

VÍDEO: João Azevêdo diz que Efraim decidiu pelo seu próprio caminho: “Não posso escolher por ninguém”

Recomendado pelo Google: