header top bar

section content

Um dos criminosos que explodiram um carro-forte entre as regiões de Sousa e Pombal é preso pela PM

O indivíduo estava escondido dentro de uma casa na zona rural da região de Sousa quando foi abordado pela guarnição. Ele foi conduzido à DP de Patos para medidas cabíveis

Por Luiz Adriano

17/05/2022 às 18h32 • atualizado em 17/05/2022 às 18h38

Viatura da Polícia Militar da Paraíba. Foto: Divulgação / PM

Um dos criminosos que assaltaram um carro-forte na tarde desta segunda-feira (16) na BR 230, entre os municípios de Aparecida e Pombal, no Sertão paraibano, foi preso na tarde desta terça-feira (17), no distrito de Casinha do Homem, no município de Santa Cruz, região de Sousa. A informação foi confirmada ao Diário do Sertão através do coronel Campos, ele que é o Comandante do CPR II (Comando de Polícia Regional).

Segundo informações da Polícia Militar, o individuo estava dentro de uma residência da localidade. Ele foi detido e encaminhado à cidade de Patos para prestar depoimento ao delegado de plantão.

As guarnições continuam em diligências para localizar os demais envolvidos na ação criminosa.

Conforme o coronel Campos, foram designadas para as buscas: policiais do BOPE, Força Regional, Batalhão de Área de Sousa e Cia de Pombal.

DOIS MORRERAM

Dois criminosos que faziam parte do bando morreram durante confronto com a polícia na zona rural de Santa Cruz, na região de Sousa, ainda na tarde desta segunda-feira (16).

A perseguição policial se deu logo após o ocorrido. Conforme o capitão Feitosa, em entrevista ao repórter João Alencar, a PM recebeu informação de que dois indivíduos em uma moto teriam dado apoio a um dos veículos que foi utilizado na empreitada criminosa, o qual foi abandonado e queimado na zona rural. Ele disse que a PM conseguiu localizar os dois criminosos na motocicleta os quais abriram fogo contra os policiais. Durante a troca de tiros os meliantes foram atingidos e ainda chegaram a ser socorridos para o Hospital Regional de Sousa (HRS), mas não resistiram e faleceram.

IDENTIFICAÇÃO

Os corpos dos dois suspeitos que foram mortos em confronto com a polícia foram identificados como Francisco Fernandes filho, de 36 anos, natural de Santa Cruz e Francisco Manoel da Silva Filho, 34, natural da cidade de Sousa. Seus corpos foram liberados na tarde desta terça-feira (17) para os familiares realizarem os atos fúnebres.

O ASSALTO

Criminosos fortemente armados, forçaram a parada de um carro-forte para realizar um assalto no início da tarde desta segunda-feira (16) na BR 230, entre os municípios de Aparecida e Pombal, no Sertão paraibano. No veículo havia quatro seguranças. As vítimas se abrigaram no mato às margens da estrada e ninguém se feriu.

De imediato, as guarnições da PM empreenderam diligências para localizar os suspeitos. No crime, os meliantes explodiram o carro-forte antes de fugir, soltaram grampos na estrada e queimaram mais dois veículos para dificultar a passagem das viaturas.

A polícia não soube informar o valor levado pelos criminosos.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Radialista alerta comunicadores sobre risco de multas por descumprimento das regras eleitorais

TOM APAZIGUADOR

VÍDEO: Em meio a ‘briga’ pela vice entre Republicanos e PP, João Azevêdo pede desprendimento dos aliados

RESPOSTA CURTA

VÍDEO: Bolsonaro fala pela 1ª vez sobre denúncias de assédio sexual envolvendo Pedro Guimarães na Caixa

INUSITADO

VÍDEO: Bandido de alta periculosidade é preso na PB e polícia encontra cerca de R$ 29 mil em geladeira

Recomendado pelo Google: