header top bar

section content

VÍDEO: Perito criminal explica como funciona o Banco de Dados e fala sobre sua importância

O profissional disse que há crimes que só é possível desvendar através do Banco de Dados

Por Luiz Adriano

08/06/2022 às 18h20 • atualizado em 08/06/2022 às 18h24

O perito criminal Robson Felix, ele que é chefe do Núcleo Criminalística (Nucrim) do Instituto de Polícia Científica (IPC) da cidade de Cajazeiras, concedeu uma entrevista ao programa Balanço Diário na TV Diário do Sertão nesta terça-feira (7).

Na ocasião, o profissional falou sobre a importância do Banco de Dados. Ele explicou que “é um avanço formidável na investigação criminal do Brasil”, porque “possibilita a resolução de crimes que seriam crimes sem solução, caso não existisse esse banco de dados”.

Robson explicou que há muitos anos a Paraíba realiza exames de DNA, no entanto, segundo ele, “sem o banco de dados fica inviável essa pesquisa de suspeitos inseridos no banco de perfis”.

Robson Félix durante o Balanço Diário. (Foto: TV Diário do Sertão).

“Além de auxiliar no processo onde acusados de forma injusta estão sendo ali indiciados ou responsabilizados, pode inocentar alguém que está sendo acusado, como pode encontrar desaparecidos, isso é uma realidade no Brasil”, pontuou.

O ENTREVISTADO

Robson Félix é perito criminal e chefe do Nucrim de Cajazeiras; engenheiro mecânico; bacharel em Direito; autor dos livros: Engenharia Forense e Perícias em Acidentes com Elevadores, com lançamento previsto para o 2º semestre pela editora Millenium de São Paulo, e é palestrante de eventos nacionais de Perícia Criminal.

Assista a entrevista completa no vídeo abaixo:

DIÁRIO DO SERTÃO

ELEIÇÕES 2022

VÍDEO: Durante coletiva, Chico Mendes anuncia recuperação da PB 400 e fala sobre saúde em Cajazeiras

IMUNIZANTES

VÍDEO: Referência em imunizantes, Clínica Imunne oferece vacina contra a Dengue no Ceará e em Cajazeiras

PRESTAÇÃO DE CONTAS

VÍDEO: Presidente da Câmara de Vereadores destaca obras em Cajazeiras e garante construção da nova sede

ACOMPANHANDO OS CASOS

VÍDEO: Secretaria de Saúde da PB alerta Cajazeiras e Sousa ao pedir busca ativa de casos de tuberculose

Recomendado pelo Google: