header top bar

section content

Deputado não responde a Carlos e declara que secretário de Saúde ‘deveria estar preso’

O deputado José Aldemir disse ainda que não tem nada a responder ao ex-prefeito de Cajazeiras, pois “ele não é cidadão”.

Por Luzia de Sousa

14/04/2016 às 19h32 • atualizado em 15/04/2016 às 11h37

Deputado não responde ao ex-prefeito de Cajazeiras

Depois de 25 dias de ser acusado de suposta corrupção na Assembleia Legislativa da Paraíba, em entrevista exclusiva do ex-prefeito de Cajazeiras Carlos Antonio (DEM) ao Diário do Sertão, o deputado e pré-candidato a prefeito José Aldemir (PP), solicitou um pedido de resposta a este sistema de comunicação, mas não se pronunciou sobre a denúncia.

A matéria de acusação ao parlamentar foi ao ar em 20 de março, onde o ex-gestor declarou que José Aldemir comandou o maior esquema de corrupção da Paraíba, quando assumiu a Secretaria Geral da Assembleia.

Durante a entrevista de direito de resposta solicitado ao Diário do Sertão, Zé Aldemir disse que não tem nada a responder ao ex-prefeito, pois “ele não é cidadão”, e acrescentou: “Está querendo tirar o foco”.

De acordo com o deputado, Carlos Antonio não tem cargo nenhum para representar o município e mandou a prefeita sair da ‘toca’, pois somente ela deve discutir os assuntos da administração: “Denise tem que encerrar esse silêncio. Ela silenciou totalmente”.

Zé Aldemir usou um discurso pesado para definir a administração da prefeita, além de taxar de desastrosa a saúde de Cajazeiras e de acusar Denise de manter no cargo um secretário citado na Operação Andaime.

“Esse rapaz deveria está preso”, disparou o parlamentar argumentando que Carlos Antonio vai responder as acusações contra ele na Justiça.

Ouça áudio da Rádio Diário do Sertão FM!

Entenda!
O ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antonio (DEM) em entrevista exclusiva ao Portal Diário do Sertão neste domingo (20), se pronunciou sobre as graves denúncias feitas contra ele pelo deputado José Aldemir (PP). Segundo o parlamentar, Carlos Antonio comanda a Operação Andaime, que está sob investigação da Polícia Federal.

Sem mencionar a investigação, o ex-prefeito disse que Zé Aldemir tem usado a imprensa de Cajazeiras nos últimos meses para lhe fazer ataques pessoais. Carlos Antonio não perdeu a chance de devolver as ofensas recebidas e assegurou que nos 32 anos de política, o deputado nada trouxe para a Terra do Padre Rolim.

Sem deixar barato, o ex-gestor cajazeirense acusou Zé Aldemir de comandar o maior esquema de corrupção da Paraíba, quando assumiu a Secretaria Geral da Assembleia Legislativa.

“Usava a estrutura da Assembleia para empregar apadrinhados, vereadores, suplentes, esposas e familiares de políticos, numa condição clara de que ele usa os recursos públicos com a finalidade de se beneficiar”, denunciou ele.

Veja o vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

HOMENAGEM

VÍDEO: Com música ao vivo, programa Diversidade em Foco faz reflexão sobre o Dia das Mães; Assista!

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras