header top bar

section content

Prefeitos da região de Sousa comemoram vitórias judiciais; Eles permanecem nos cargos

Após as eleições de 2016, alguns eleitos passaram a enfrentar ações judiciais movidas pelas coligações derrotadas.

Por Luzia de Sousa

15/03/2017 às 09h19 • atualizado em 15/03/2017 às 09h34

Júlio César (Aparecida) e Coloral (São J. L. Tapada)

Os prefeitos eleitos das cidades de Aparecida, Júlio César (PSD) e São José da Lagoa Tapada, Cláudio Antonio Marques (Coloral-PSD), na região de Sousa comemoram vitória nos tribunais, que os manteve nos cargos.

+ Candidatos da região de Sousa que “fugiram” de entrevistas foram derrotados nas urnas. Saiba aqui

Após as eleições de 2016, alguns eleitos passaram a enfrentar ações judiciais movidas pelas coligações derrotadas, que pedem a cassação dos mandatos.

Júlio César, Prefeito eleito em Aparecida (foto: Paulo Ramon)

Em Aparecida, Júlio César (PSD) foi absorvido por 3×0 no Tribunal de Justiça da Paraíba em Ação de Improbidade Administrativa. A denúncia é referente ao mandato do prefeito no ano de 2006.

Coloral, foi eleito prefeito de São José da Lagoa Tapada

Já em São José da Lagoa Tapada, Coloral foi inocentado em Recurso Especial no Tribunal Superior Eleitoral, que responde ação de irregularidade na filiação partidária.

O eleito continua no cargo. A ação foi movida pela coligação representada pelo ex-candidato Francisco Jucélio de Sá (Celinho Mendes – PSB).

Coloral foi o prefeito eleito com 2.787, enquanto Celinho Mendes conseguiu 2.691 votos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos

VÍDEO

Em entrevista no Sertão, presidente da Assembleia revela distanciamento entre Ricardo e João Azevêdo

VÍDEO

Testemunha dá detalhes de assalto que deixou funcionário de concessionária de Cajazeiras baleado