header top bar

section content

Tribunal de Justiça da PB manda prefeitura da região Sousa pagar salário, 13º e férias a ex-servidor

A prefeitura recorreu da decisão local, mas o TJ garantiu que o ex-funcionário, José Júnior de Abrantes tem direito de receber os valores cobrados.

Por Luzia de Sousa

06/12/2017 às 14h43

Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba (TJPB)

O Tribunal de Justiça da Paraíba confirmou esta semana a condenação contra a Prefeitura do Lastro, Sertão da Paraíba a pagar o salário, férias e décimo terceiro ao ex-chefe de gabinete da gestão Emanuel Sarmento (PMDB).

Apelação cível oriunda da 5ª Vara da Comarca de Sousa teve como relatora a juíza Maria das Graças Morais Guedes, que manteve a decisão na íntegra.

A prefeitura recorreu da decisão local, mas o TJ garantiu que o ex-funcionário, José Júnior de Abrantes tem direito de receber os valores cobrados.

“Demonstrada a falta de pagamento pela administração referente ao salário e ao décimo terceiro salário, o que produz enormes prejuízos ao servidor público, correta é a decisão que condena o município ao pagamento das verbas pleiteadas, sob pena de se acolher o enriquecimento ilícito”. Diz parte da decisão judicial

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
AÇÃO SOCIAL

VÍDEO: Igreja evangélica distribui alimentos e roupas para famílias carentes em bairro de Cajazeiras

CRIANÇADA NA PRAÇA

VÍDEO: Festa do Dia das Crianças com brindes, música e teatro atrai multidão na cidade de Monte Horebe

DIA DOS PROFESSORES

VÍDEO: Prefeito grava mensagem para os professores da ‘cidade educadora’: “Ensinar é transformar vidas”

MÊS ESPECIAL

VÍDEO: Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Cajazeiras encerra festa neste sábado com mensagem de paz