header top bar

section content

Lindolfo Pires acompanha Ricardo Coutinho em visita ao Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires

A unidade também contará com serviço de diagnóstico por imagem, ambulatório, UTI e UTI Coronariana e Centro Cirúrgico.

Por Luzia de Sousa

16/03/2018 às 16h08 • atualizado em 16/03/2018 às 17h16

Lindolfo Pires acompanha RC em visita ao Hospital Metropolitano

O Deputado Estadual e Secretario de Estado do Turismos e Desenvolvimento Econômico, Lindolfo Pires, acompanhou o governador Ricardo Coutinho em visita nesta sexta-feira (16) as obras do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires.

A obra representa um investimento de mais de R$ 150 milhões na obra, incluindo a aquisição de equipamentos. O Hospital será referência estadual de média e alta complexidade para cardiologia e neurologia para os 223 municípios. Quando em sua total capacidade, serão 226 leitos, sendo 60 de UTI, entre adultos e pedia?tricos. A unidade também contará com serviço de diagnóstico por imagem, ambulatório, UTI e UTI Coronariana e Centro Cirúrgico.

É um Hospital que vai ser referência em cardiologia e neurologia e que vai fazer a diferença na vida dos paraibanos. Será um avanço extraordinário para a saúde”, frisou o governador.

Lindolfo destacou a importância do hospital diante do perfil epidemiológico. “As doenças relacionadas ao coração são a maior causa de óbito em todo o mundo. Mais de 2 milhões de paraibanos serão beneficiados com a abertura do Hospital Metropolitano, que fará também os atendimentos pediátricos de cardiologia e neurologia”.

.

DIÁRIO DO SERTÃO com assessoria

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?