header top bar

section content

Fundador relembra 30 dias do Xamegão de Cajazeiras e alfineta ex-prefeitos que deixaram evento ‘cair’

“No Governo de Carlos Antonio houve derrame de dinheiro, mas infelizmente não soube aproveitar, e não marcou no Xamegão nem no Carnaval”, disse Vituriano.

Por Luzia de Sousa

25/06/2018 às 15h09 • atualizado em 25/06/2018 às 17h15

O ex-prefeito e fundador do Xamegão de Cajazeiras, que ocorreu anos 80, o médico Vituriano de Abreu (MDB), em entrevista à TV Diário do Sertão nesse final de semana relembrou sua gestão na Terra do Padre Rolim e os 30 dias de festas realizadas por ele.

Xamegão 2018 é animado por atrações da região e prefeito José Aldemir comemora lotação do público

De acordo Vituriano, foi dado o ponto de partida por uma festa não existia, e relembrou também que em menos de dois meses do seu governo realizou um grande carnaval.

“Nós fazíamos grandes festas e sem dinheiro”, alfinetou o emedebista, adiantando que tudo que era feito no município na época era com recursos próprios, pois O Governo Federal não dava incentivo as cidades como ocorre atualmente.

Vituriano avaliou que seu sucessor, o ex-prefeito José Nello Zerinho Rodrigues deu início a queda do Xamegão, seguido de Carlos Antonio, que recebeu muito dinheiro do Governo Federal, mas não realizou a festa.

Vituriano de Abreu falou sobre o Xamegão de Cajazeiras

“No Governo de oito anos de Carlos Antonio houve derrame de dinheiro, mas infelizmente não soube aproveitar, e ele não marcou no Xamegão nem no Carnaval”, observou o leão.

Ele ainda relembrou, que em dos anos de sua gestão realizou 40 dias de festa e com grandes atrações. “É muita emoção nesse período”, disse o ex-gestor cajazeirense

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial mostra história de um dos maiores empresários e empreendedores de Cajazeiras

EMOCIONANTE

VÍDEO:Em documentário especial, Xeque Mate mostra realidade de famílias que moram no Lixão de Cajazeiras

ENTRE PÚBLICO E PRIVADO

VÍDEO: Empresário revela que quase foi candidato a prefeito de Cajazeiras e explica por que recusou

VÍDEO

Sindicatos batem martelo e definem novo salário dos comerciários de Cajazeiras para 2019-2020