header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

ÁUDIO: Marcos Barros defende Jeová, pede união no grupo e aconselha Rivelino a ter cuidado com ‘fuxicos’

O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras procurou apaziguar o clima entre as principais lideranças do seu partido após Rivelino Martins criticar Jeová Campos

Por Jocivan Pinheiro

19/10/2018 às 14h34 • atualizado em 19/10/2018 às 14h37

Vereador Marcos Barros, presidente da Câmara de Cajazeiras (Foto: Cavalcante Jr.)

O vereador Marcos Barros de Souza, presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, procurou apaziguar o clima entre as principais lideranças do seu partido, o PSB, ao final da sessão ordinária de terça-feira (16), após o vereador Rivelino Martins criticar o deputado reeleito Jeová Campos.

Na tribuna da Câmara, Rivelino havia repudiado as declarações que Jeová Campos fez durante coletiva de imprensa após a reeleição do deputado.

VEJAVereador rebate declarações de Jeová sobre mudanças em cargos de Cajazeiras

Segundo Rivelino Martins, deputado Jeová teria criticado alguns pontos da gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB), principalmente a administração do Hospital Regional de Cajazeiras.

O vereador não gostou de saber que Jeová teria dito que o HRC começou a melhorar a partir do governo de José Maranhão (MDB), quando era administrado de forma tripartite (Governo Federal, Governo do Estado e Prefeitura). Rivelino disse que a coletiva de imprensa de Jeová deveria ser um momento de comemoração e reconhecimento do trabalho de Ricardo e não de críticas.

Vereador Rivelino Martins durante discurso na tribuna da Câmara na sessão de terça-feira (16)

Resposta

Em resposta ao colega, Marcos Barros afirmou que em momento algum Jeová criticou a gestão do governador, mas sim apontou necessidade de mudanças pontuais em alguns órgãos de Cajazeiras.

“Vossa Excelência sabe mais do que ninguém que realmente tem órgãos em Cajazeiras que precisam mudar urgentemente. Isso ninguém esconde de ninguém. Talvez tenha sido o pecado do deputado ter citado nomes. Mas, como presidente do partido, Vossa Excelência sabe que há uma reclamação na região, não é só Cajazeiras”, disse Marcos Barcos.

“Em momento algum ele falou da gestão do governo Ricardo Coutinho, porque não tem ninguém mais nessa Paraíba que defenda o governador e o projeto político e administrativo dele do que o deputado Jeová”, completou o presidente da Câmara.

Em seguida, Marcos Barros aconselha Rivelino a ter mais cautela com os ‘fuxicos’ que ele recebe.

“Eu peço que o presidente do partido tem que ter muito cuidado porque é um momento onde os interesses pessoais querem estar além da política pública, além dos grupos políticos que defendem realmente um governo para todos. É um momento de início de governo em que fuxico vai, fuxico vem. Isso vai acontecer muito e Vossa Excelência como presidente é quem tem que ser mediador, jamais ser levado por qualquer tipo de informação que não corresponda à verdade”.

Ouça o áudio de Marcos Barros

DIÁRIO DO SERTÃO

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens

FEMINICÍDIO

MUITA EMOÇÃO: Familiares e amigos de Laninha pedem justiça no Xeque-Mate de maior audiência da história

VÍDEO

Delegado fala sobre duplo homicídio registrado na rodovia que liga Cajazeiras a São João do Rio do Peixe