header top bar

section content

Na AL-PB: Lindolfo Pires ocupa tribuna e debate assuntos de interesse da população

Em outro momento de sua fala, Lindolfo também aproveitou para parabenizar o governo estadual

Por Campelo Sousa

14/08/2019 às 14h40

Lindolfo Pires, deputado estadual

O deputado estadual Lindolfo Pires fez uso da tribuna da Assembleia Legislativa na manhã de hoje (14) onde aproveitou para fazer pronunciamentos de vários assuntos relevantes.

Inicialmente, Lindolfo destacou requerimento sobre voto de aplausos para o jornalista Heron Cid, pela idealização e engajamento para a realização de audiência pública ocorrida no último dia 10 de agosto na Câmara Municipal de Marizópolis, onde vários prefeitos, pesquisadores de instituições de ensino, deputados, estiveram reunidos e discutiram várias demandas para o desenvolvimento da região, culminando com o “Projeto Intersecção” e na elaboração da “Carta de Marizópolis”, que será enviada ao Governo estadual e aos parlamentares da bancada estadual e federal.

“Foi bastante feliz e bastante significativo a iniciativa do jornalista Heron Cid. Discutir alternativas para o desenvolvimento econômico e melhoria das condições de vida para os municípios do sertão é algo que certamente une várias cidades”, disse Lindolfo.

Em outro momento de sua fala, Lindolfo também aproveitou para parabenizar o governo estadual pelo “Projeto da Escola Cidadã Integral da Paraíba”, destacando que “dentro do atual sistema educacional existente, este é o programa mais promissor dos últimos anos”, disse. A Escola Cidadã já atingiu 153 escolas neste ano, posicionando a Paraíba como segundo maior Estado do país a oferecer ensino integral.

Por fim, o deputado estadual Lindolfo Pires destacou a importância da manutenção da Tarifa Verde, que é um benefício concedido pela Energisa, onde permite ao produtor rural paraibano o direito a uma série de benefícios para viabilizar sua atividade, onde através dela Verde é possível a concessão na tarifa do consumo energia elétrica que esteja relacionada a atividade agropecuária e aquicultura. Os agricultores que utilizarem energia no período das 21 horas até 6 horas podem ter desconto de 90% no valor da tarifa, e os que utilizam das 2 horas até às 11 horas, o desconto é de 73%. Os estabelecimentos produtores rurais também tem direito a isenção de ICMS, desde que apresentem certidão da Emater atestando que a respectiva unidade é produtora rural.

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador rebate declaração de Gervásio Maia: “É mentira. A Cagepa vai continuar uma empresa pública”

ESPORTE E EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Cajazeiras, encerra o ano letivo 2019 com Olimpíadas Internas

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO

VÍDEO: Conselheiros do OD se confraternizam em Cajazeiras e já iniciam debates sobre as ações para 2020

EDUCAÇÃO E EMPREGO

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe coordenadora e estudantes do Núcleo de Empregabilidade da FSM