header top bar

section content

Carlos Antonio acusa prefeito de Cajazeiras de quebrar IPAM e diz: “Não compra um parafuso no comércio”

“A prefeitura não compra um único parafuso por falta de crédito, não tem um medicamento nos postos de saúde”, denunciou o político

Por Luzia de Sousa

13/10/2019 às 17h40 • atualizado em 13/10/2019 às 17h54

Em entrevista à TV Diário do Sertão nesse final de semana, o ex-prefeito Carlos Antonio (DEM) acusou a gestão de Zé Aldemir (PP) a desviar R$ 8,5 milhões do Instituto de Previdência e Assistência Social de Cajazeiras (IPAM).

VEJA TAMBÉM: Após CPI no IPAM de Cajazeiras, vereador mostra que cada servidor tem pouco mais de 370 reais

Carlos Antonio lamentou o atraso salarial dos servidores municipais e declarou que a prefeitura não compra no comércio local porque não tem confiança.

“A prefeitura não compra um único parafuso por falta de crédito, não tem um medicamento nos postos de saúde”, denunciou o político

Ele disse ainda que Cajazeiras vive sem perspectiva por ter elegido um prefeito sem compromisso com a cidade.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”