header top bar

section content

Presidente da Câmara de Marizópolis responde a advogado e diz que não aceita trama e que não teme prisão

O presidente disse que cumpriu com a determinação da Justiça, pois qualquer requerimento deve passar pela assessoria jurídica da câmara.

Por Luzia de Sousa

24/11/2019 às 15h59 • atualizado em 24/11/2019 às 16h49

O presidente da Câmara Municipal de Marizópolis, o vereador Osmar Vitalino (Avante), gravou vídeo neste domingo (24), em resposta a declaração do advogado Ozael Fernandes, representante do também vereador Carlos José de Sousa (MDB).

VEJA MAIS:

+ Sessão da Câmara de vereadores de Marizópolis é encerrada após tumulto com presença da Policia

+ Advogado de Carlos José vê desobediência e anuncia pedido de prisão do presidente da Câmara de Marizópolis

Dr. Ozael anunciou ao Blog do Levi, na manhã desse sábado (23), que entrará com ação para abertura de inquérito de crime de desobediência e também pedirá a prisão do vereador Osmar Vitalino.

O presidente assegurou que cumpriu com a determinação da Justiça e justificou que qualquer requerimento deve passar pela assessoria jurídica da câmara.

“Após o cumprimento da determinação do juiz, o vereador Carlos José ignorou e quis fazer tumulto. Não tive condições de continuar com a sessão, mas cumprindo a determinação do juiz dei por encerrada a sessão”, explicou o vereador do Avante.

Osmar Vitalino declarou que querem de qualquer forma “arrancar” o presidente da câmara e completou: “Não me curvarei. Não temerei as armadilhas da injustiça. Prefiro ficar com o meu povo do que aceitar intimidações e até prisão”.

O CASO
A sessão ordinária da Câmara de vereadores de Marizópolis na região da Sousa, terminou em gritaria, foi encerrada em meio a tumulto. O presidente da Casa, Osmar Vitalino, em cumprimento à decisão judicial, recebeu requerimento de autoria do vereador Carlos José, que pede a anulação da eleição da atual Mesa Diretora, e deu tramitação, encaminhando o pedido de parecer à Procuradoria Jurídica do Poder no prazo máximo de cinco dias.

Autor do pedido, o vereador Carlos José discordou do encaminhamento e protestou alegando descumprimento do Regimento Interno da Câmara. “Não tem isso de parecer em caso de requerimento”, criticou o parlamentar.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Paula revela quem ela e Zé Aldemir apoiarão nas eleições das cidades de Uiraúna e Santa Helena

EXPLICAÇÕES

VÍDEO: Governador diz que falta de legista no fim de semana no IPC de Cajazeiras está sendo resolvida

CARNE OU OVO?

VÍDEO: após o aumento do preço da carne, consumo de ovos dispara na cidade de Sousa

PSB RACHADO

VÍDEO: Jeová diz que não apoia Denise como candidata a prefeita: “Ela se colocou como minha adversária”