header top bar

section content

VÍDEO: Júnior Araújo diz que Zé Aldemir deu calote em funcionários atrasando salários em Cajazeiras

O deputado estadual licenciado teceu duras críticas a gestão do prefeito José Aldemir em vídeo divulgado nas redes sociais

Por Redação Diário do Sertão

09/04/2020 às 16h33 • atualizado em 09/04/2020 às 16h58

O deputado estadual licenciado Júnior Araújo, atual secretário de governo da Paraíba, lamentou nesta quinta-feira (09), que a prefeitura de Cajazeiras tenha anunciado que não poderá cumprir com o calendário de pagamento que já havia sido anunciado pela edilidade municipal, alegando queda de 44% do Fundo de Participação do Município.

Araújo disse que falta a gestão do prefeito José Aldemir (PP) planejamento e organização.

“Nesta Quinta-Feira Santa que prestar minha solidariedade aos funcionários públicos de Cajazeiras, lamentavelmente, hoje a gestão divulgou uma nota, dizendo que não terá condições de honrar uma tabela, que a própria edilidade publicou, em função da falta de recursos. Isso só mostra a falta de planejamento e de organização da Prefeitura de Cajazeiras,” disse.

VEJA MAIS:

O secretário de governo ainda prestou solidariedade aos funcionários. “Quero prestar minha solidariedade a todos os funcionários públicos de Cajazeiras por ter recebido a notícia de hoje, um verdadeiro calote por parte da edilidade municipal que não honrará com a tabela que eles anunciaram na imprensa”, afirmou.

COMO TUDO COMEÇOU

Na manhã desta quinta-feira (09), o secretário de comunicação Jota Herre divulgou nas redes sociais, uma nota, esclarecendo que a Prefeitura não conseguirá honrar ”toda a programação de pagamento da folha de março, conforme a tabela previamente anunciada” por conta da redução do FPM e do ICMS.

” A queda de 44/% no FPM de março e mais 15% já na primeira cota deste mês, e ainda a drástica redução do ICMS em todos os estados e municípios, somando-se a suspensão dos tributos municipais, obrigaram a uma reprogramação da tabela. Assim, receberão nesta quinta-feira, dia 09, apenas os servidores efetivos da Educação Ensino Infantil Fundeb e Ensino Fundamental I Fundeb. Os demais servidores deverão receber seus salários até o próximo dia 20 deste mês” [sic], diz trecho da nota.

REPERCUSSÃO

Ao Diário do Sertão, o secretário de governo e articulação política da Prefeitura de Cajazeiras, José Anchieta, disse que a nota mostra a realidade no município. Perguntado sobre as declarações de Júnior Araújo, ele apenas lamentou.

“É lamentável a exploração política de uma situação. A situação é muito difícil, o próprio governo do estado já disse que este mês o pagamento está garantido, mas, se o governo federal não socorrer, o governo já admite a possibilidade de atrasar”, disse.

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista fala sobre a vacina do Coronavac e destaca a importância do Instituto Butantan

CUIDADO

VÍDEO: Durante novenário, em Ipaumirim, Padre pede que fiéis fiquem atentos a pandemia do coronavírus

NOVA ONDA

VÍDEO: Senador Ney Suassuna acredita que deve haver lockdown com segunda onda de Covid-19 no Brasil

INADMISSÍVEL

VÍDEO: Nilvan Ferreira diz que foi vítima de racismo e chamado de ‘macaco’ na eleição em João Pessoa

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!